Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Acompanhe o comportamento dos principais índices dos mercados acionários globais na manhã desta quinta-feira (07).

ÁSIA – O índice Asia Dow ficou em alta de 0,02% aos 3.551. O Hang Seng, Hong Kong, ficou em alta de 0,28% aos 28.303. O Xangai Composite ficou em queda de 0,67% aos 3.272. O índice Kospi, Coreia do Sul, fechou em queda de 0,50% aos 2.461 pontos. O índice FTSE Straits, Singapura, ficou em queda de 0,27% aos 3.388. O índice Nikkei 225 ficou em alta de 1,45% aos 22.498. O índice Sensex, bolsa da Índia, ficou em alta de 0,89% aos 32.888. Na Ásia, os mercados de ações voltaram a operar em alta após dois dias mergulhados no vermelho. O índice MSCIA Asia Pacific fechou com valorização de 0,3%, colocando ponto final numa série de oitos pregões consecutivos de queda. O dólar é negociado a 112,64 ienes, subindo em relação a 112,22 ienes de ontem à tarde. A agenda da Ásia estava vazia.

MetaTrader 300×250

EUROPA – Há pouco, o índice Stoxx Europe 600 seguia em alta de 0,02% aos 386.40, em Londres; o FTSE-MIB (Milão) estava em alta de 0,20% aos 22.350; o Ibex 35 (Madri) estava em alta de 0,24% aos 10.208; o DAX 30 (Frankfurt) estava em alta de 0,20% aos 13.025; o FTSE-100 (Londres) estava em alta de 0,06% a 7.352; o CAC 40 (Paris) seguia em alta de 0,03% aos 5.376 pontos; e o PSI-20 (Lisboa) estava em alta de 0,34% aos 5.399. Na Europa, na carona com os resultados dos EUA, os mercados de ações voltam a operar no azul, após dois dias de quedas motivadas por realização de lucros, principalmente no setor de tecnologia. O euro é negociado a US$ 1,1789, recuando da cotação de US$ 1,1801 de ontem à tarde.

ESTADOS UNIDOS – O S&P (futuros) opera em queda de 0,48% aos 2.631; o Dow Jones (futuros) opera em queda de 0,36% aos 24.150; e o Nasdaq (futuros) segue em queda de 0,56% aos 6.310. Na ausência de indicadores e eventos econômicos relevantes, mercados operam, nesta quinta-feira, em alta moderada procurando se recuperar das quedas recentes. Ajudam nesse processo, os pequenos avanços observados nas negociações entre os congressistas americanos na busca de um acordo final para a reforma fiscal proposta pelo presidente Donald Trump. O dólar opera em leve alta nesta quinta-feira. O índice DXY, que segue o valor da moeda americana diante de uma cesta de moedas, sobe 0,10% no momento.

Commodities

Os contratos futuros de petróleo operam em alta, buscando se recuperar das perdas de ontem, depois da divulgação da Agência de Enegria dos Estados Unidos anunciar aumento nos estoques americanos de combustíveis.

O petróleo referência, Brent, segue em alta na bolsa de Futuros de Londres em 0,08% aos US$62,78 o barril.

O petróleo WTI segue em alta de 0,39%, cotado a US$ 56,18 o barril na bolsa Mercantil de Futuros, Nova York.

O minério de ferro negociado no porto de Gingdao, China, fechou em alta 3,67% a US$72,68 a tonelada seca e com 62% de pureza.

A celulose fibra longa negociada fechou US$972,00, alta de 1,30%, a tonelada na sessão anterior. A celulose fibra curta fechou em US$955,47 e alta de 0,26%, a tonelada.

CENÁRIO INTERNO

BRASIL – A bolsa de ações de São Paulo deve ficar de lado, com o mercado digerindo o corte da taxa Selic para 7%. No comunicado, o Comitê repetiu a senha usada nas últimas reuniões para sinalizar corte de 0,25%, já precificado pelo mercado. No cenário político, mesmo depois de todas as negociações, envolvendo liberação de verbas para a base aliada e fechamento de questão pelo PMDB, o governo não se sente confortável em colocar a reforma da Previdência em votação na semana que vem.

AGENDA – Quinta-feira
Na Alemanha será apresentada a Produção Industrial. Na Europa, o PIB. No Brasil, o IGP-DI. Nos Estados Unidos, os Pedidos de Seguro Desemprego e o Crédito ao Consumidor. No Japão, o PIB anualizado.


Assuntos desta notícia

Join the Conversation