Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

RIO DE JANEIRO, 2 Mai (Reuters) – O presidente Michel Temer
e o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, encaminharam
para apreciação do Senado Federal as indicações para a diretoria
da Agência Nacional de Mineração (ANM), incluindo o geólogo
Victor Hugo Froner Bicca para a cadeira de diretor-geral da nova
autarquia.
Caso seja aprovado, Victor Bicca terá um mandato de quatro
anos, segundo informou o Ministério de Minas e Energia (MME) em
nota nesta quarta-feira.
Com mais de trinta anos de carreira, Bicca atuou como
professor no Departamento de Geociências da Universidade Federal
de Santa Catarina, foi conselheiro representante da Secretaria
de Estado da Infraestrutura no Conselho Estadual do Meio
Ambiente (Consema) e já exerceu diversos cargos de direção no
Departamento Nacional da Produção Mineral (DNPM), segundo o MME.
Também foram indicados para a diretoria Lília Mascarenhas
Sant'Agostino, Débora Puccini, Tasso Mendonça e José Antonio
Alves dos Santos.
Lília Sant'Agostino atualmente é diretora do Departamento de
Geologia e Produção Mineral (DGPM) na Secretaria de Geologia,
Mineração e Transformação Mineração do Ministério de Minas e
Energia (MME). Já Débora Puccini é diretora de Mineração e Meio
Ambiente do Serviço Geológico do Rio de Janeiro.
Tasso Mendonça, geólogo de carreira desde 1990, no momento
atua como superintendente de Mineração da Secretaria de
Desenvolvimento de Goiás, enquanto José Antonio Alves dos
Santos, desde 2015, exerce a função de assessor do diretor-geral
do DNPM.
A decisão foi publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial
da União (DOU).
Na semana passada, o MME encaminhou à Casa Civil um decreto
que estabelece a nova estrutura organizacional da Agência
Nacional de Mineração (ANM).
A lei de criação da ANM foi sancionada pelo presidente
Michel Temer em dezembro, com a finalidade de promover a gestão
dos recursos minerais da União e regular e fiscalizar o setor.

A nova agência assume as funções anteriormente exercidas
pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM),
absorvendo as atividades já desempenhadas pelo órgão e exercendo
novas atribuições, segundo explicou o MME.

MetaTrader 300×250

(Por Marta Nogueira; edição de Roberto Samora)
(([email protected]; +55 21 2223 7104; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia