Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

XANGAI, 8 Jan (Reuters) – Os futuros do aço na China subiram
nesta segunda-feira, após o Ministério da Indústria anunciar
novas diretrizes que restringem a substituição da capacidade
obsoleta em siderúrgicas.
O Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação da
China disse em uma declaração nesta segunda-feira que vai
permitir que uma tonelada de nova capacidade seja construída por
cada 1,25 tonelada fechada em importantes regiões produtoras,
reforçando as expectativas de que Pequim irá aprofundar os
esforços para cortar a capacidade de produção e evitar ela
aumente.
O contrato mais ativo do vergalhão de aço na Bolsa de Xangai
subiu 0,7 por cento, para 3.818 iuanes (588,53 dólares)
por tonelada, mesmo com a demanda mais enfraquecida no principal
produtor mundial.
O consumo de aço geralmente diminui durante o inverno (no
Hemisfério Norte), já que as baixas temperaturas prejudicam as
atividades no setor de construção, um dos que mais usam o
produto.
Em paralelo, o minério de ferro na Bolsa de Dalian
subiu 3 por cento, sustentado pela alta do aço, para 555,5
iuanes por tonelada. A matéria-prima também foi sustentada por
expectativas de que usinas vão aumentar os estoques antes da
recuperação da produção, a partir de março.
(Por Ruby Lian e Josephine Mason)
((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765))
REUTERS JRG RBS


Assuntos desta notícia