Clicky

Chart Trading 728×90

MANILA, 9 Out (Reuters) – Os futuros do vergalhão de aço na
Bolsa de Xangai saltaram quase 3 por cento nesta segunda-feira,
na reabertura dos mercados após uma semana de feriado, com
investidores antecipando cortes na produção na China, que busca
conter a poluição atmosférica.
Já as cotações das matérias-primas minério de ferro e carvão
de coque, recuaram, refletindo preocupações com a fraca demanda.
As autoridades chinesas ordenaram grandes indústrias
poluidoras, inclusive as siderúrgicas, a diminuírem a produção e
cortar as emissões durante os quatro meses de frio no país, que
geralmente começa em 15 de novembro.
O contrato mais ativo do vergalhão de aço na Bolsa de Xangai
chegou a avançar 5,3 por cento ante o fechamento de 29
de setembro, para 3.795 iuanes (573 dólares) por tonelada, maior
nível desde 21 de setembro. A commodity reduziu os ganhos e
encerrou a 3.701 iuanes por tonelada, alta de 2,7 por cento.
Já os futuros do minério de ferro reverteram os ganhos
iniciais e passaram a cair em meio à ampla oferta. O contrato
mais negociado na Bolsa de Dalian encerrou em baixa de
2,1 por cento, a 442,50 iuanes por tonelada.
(Por Manolo Serapio Jr.)
((Tradução Redação São Paulo, 5511 56447765))
REUTERS JRG PD


Assuntos desta notícia

Join the Conversation