Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

LONDRES, 14 Jun (Reuters) – O euro e os rendimentos dos
títulos europeus recuavam nesta quinta-feira, depois que o Banco
Central Europeu (BCE) manteve os juros até o terceiro trimestre
de 2019 e disse que encerrará seu programa de estímulo no final
deste ano.
Às 10:35 (horário de Brasília), o euro tinha queda de
0,93 por cento, a 1,1683 dólar, enquanto o dólar avançava 0,49
por cento contra uma cesta de moedas.
Em seu maior passo no encerramento do estímulo da era da
crise, o BCE informou que as compras mensais de ativos seriam
reduzidas para 15 bilhões de euros até o final de dezembro de
2018 e então terminariam.
Mas também deixou claro que a medida não significaria rápido
aperto na política monetária nos próximos meses, e que os juros
ficariam em mínimas recordes, pelo menos até o verão no
hemisfério Norte.
"A surpresa é o momento do anúncio. Acho que os investidores
esperavam um anúncio vago nos próximos meses, então o que
estamos vendo nos mercados é uma precificação sem incertezas",
disse o estrategista de juros do Mizuho, ??Antoine Bouvet.
Enquanto o euro recuava, os investidores de títulos se
confortavam com as perspectivas do BCE em relação a taxa de
juros.
Na Alemanha, o rendimento dos títulos de 10 anos
recuava a 0,44270 por cento, ante 0,476 por cento na sessão
passada.
As notas de dois anos da Itália , país mais
vulnerável a custos de empréstimos mais altos, recuavam a 0,9170
por cento, ante 0,962 por cento na quarta-feira.
A precificação no mercado refletia, consequentemente, uma
redução das apostas de alta de juros ao longo do próximo ano.
Os investidores agora vêem apenas 30 por cento de chance de
aumento de 10 pontos básicos até julho de 2019, em comparação à
chance de 80 por cento antes do anúncio do BCE.
(Por Dhara Ranasinghe e Tommy Wilkes)
((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447509))
REUTERS TH PD


Assuntos desta notícia

Join the Conversation