Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Por Richard Leong
NOVA YORK, 8 Mai (Reuters) – O dólar subiu para o nível mais
alto neste ano contra uma cesta de moedas nesta terça-feira
devido às preocupações com a crise política na Itália, antes de
reduzir ganhos com a decisão dos EUA de se retirar do acordo
nuclear internacional com o Irã.
O aumento do dólar foi interrompido frente ao anúncio do
presidente Donald Trump de que os Estados Unidos estavam
deixando o acordo de 2015, que aliviou as sanções econômicas em
troca de Tehran limitar seu programa nuclear. Trump disse que
ele iria repor as sanções.
As moedas dos países emergentes e de economias dependentes
de commodities caíram com preocupações de que uma possível
retirada dos EUA teria atingido o apetite por risco nos mercados
financeiros, limitando suas perdas depois do anúncio de Trump.
Os operadores, no entanto, minimizaram o significado do
movimento para o mercado.
"Isso provavelmente iria acontecer. No geral, isso não muda
a história da força do dólar com os aumentos dos juros do Fed e
um abalo na Europa", disse John Doyle, vice-presidente de
negociação da Tempus.
O índice que acompanha o dólar em relação ao euro, iene,
libra esterlina e seis outras moedas atingiu 93,280,
nesta terça-feira, o maior nível desde dezembro. Fechou com alta
de 0,4 por cento a 93,100.
O euro recuou 0,5 por cento, para 1,1860 dólar, após
ter atingido 1,1836 dólar mais cedo, seu nível mais fraco desde
o final de dezembro, segundo dados da Reuters.

(Por Saikat Chatterjee e Sujata Rao)
((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447509))
REUTERS SI ID

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia