Clicky

FGV anuncia encolhimento da confiança industrial no mês de junho

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Os mercados tiveram que ajustar para fatos políticos piores que os esperados, com fatiamento da denúncia de Temer pela PGR, investigações da Polícia Federal sobre decreto de Temer beneficiando empresa Rodrimar e áudios recuperados das gravações de Joesley com Temer ainda mais comprometedores.

No final da tarde, Temer fez coletiva chamando denúncia de ficção e ilação, mas ele próprio fez ilações envolvendo o chefe da PGR e procurador que teria negociado a delação da JBS. Os mercados não reagiram às declarações de Temer e também ao fato de Vaccari ter sido absolvido no Rio Grande do Sul.

MetaTrader 300×250

Hoje as tensões até estão ampliadas e a agonia persiste ajudada por mercados no exterior fracos. Na Ásia, tivemos mercados em queda, situação análoga com as bolsas europeias por queda nas ações de tecnologia e comportamento misto para o mercado americano. No Brasil, poucas chances de recuperação consistente diante dos fatos políticos graves.

Teremos grande teste para o presidente Temer na votação da Reforma Trabalhista na CCJ (comissão de Constituição e Justiça), com o senador Renan Calheiros mirando a metralhadora para Temer e Jucá. Por sua vez, a oposição quer que as denúncias de Temer sejam votadas no final de semana com transmissão de TV, nos moldes do processo de impeachment de Dilma e chamada dos ausentes. O ministro Fachin deve decidir hoje sobre o trâmite da denúncia na Câmara, já que o STF entra em recesso no próximo sábado.

Na economia, a FGV anunciou que a confiança da indústria encolheu em junho 2,8 pontos para 89,5 pontos pelas incertezas políticas e o IBGE anunciou que a inflação pelo IPP (Índice Preço do Produtor) registrou -0,07% no ano, mas com alta em maio de 0,12%. A indústria de transformação com alta de 0,55%.

Além disso tudo, temos ainda greve geral marcada para a próxima sexta-feira (30 de junho). Na sequência dos mercados, os DIs começando o dia levemente em alta, o dólar com queda de 0,05% e cotado em R$ 3.313 e a Bovespa em seu índice futuro com leve alta de 0,19%.

No cenário internacional, a Escócia adiou o plano de segunda votação de independência do Reino Unido e o Pentágono enxerga que a Síria estaria preparando outro ataque com armas químicas. Na zona do euro, a base monetária (M3) expandiu anualizada em maio 5,0%, conforme esperado. Na Alemanha, Angela Merkel segue ganhando força para as eleições , mas ainda não teria maioria.

Na sequência dos mercados no exterior, o petróleo WTI negociado em NY mostrava queda de 0,36%, com o barril cotado a US$ 44,08. O euro era transacionado em queda para US$ 1,131 e
notes americanos de 10 anos com taxa de juros de 2,20%, igual ao encerramento de ontem. O ouro e a prata em alta na Comex e commodities agrícolas na bolsa de Chicago em alta.

O dia ainda terá a divulgação de indicadores nos EUA que podem alterar os mercados.

Bom dia e bons negócios.

Alvaro Bandeira
Economista-Chefe Home Broker Modalmais
Fonte: https://www.modalmais.com.br/blog/falando-de-mercado


Assuntos desta notícia