Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Por Lucia Mutikani
WASHINGTON, 9 Mar (Reuters) – A criação de vagas nos Estados
Unidos provavelmente aumentou a um ritmo forte em fevereiro,
reduzindo a taxa de desemprego para uma mínima de mais de 17
anos de 4 por cento, mas os ganhos salariais devem ter diminuído
após três meses consecutivos de fortes aumentos.
O relatório de emprego do Departamento do Trabalho
norte-americano a ser divulgado nesta sexta-feira deverá
destacar a força da economia e ampliar as expectativas de que o
Federal Reserve, banco central dos EUA, elevará suas previsões
para a taxa de juros para 2018.
Os mercados financeiros norte-americanos já quase
precificaram um aumento da taxa de juros na reunião do Fed em 20
e 21 de fevereiro. O Fed prevê três aumentos dos juros este ano.
"Um relatório de emprego mais forte com outra safra saudável
de ganhos salariais aumenta as chances de que o Fed possa
adicionar a quarta alta dos juros antes do final do ano", disse
Beth Ann Bovino, economista chefe da S&P Global Ratings.
A criação de vagas fora do setor agrícolas provavelmente
chegou a 200 mil em fevereiro, em meio a um clima atipicamente
ameno, de acordo com pesquisa da Reuters junto a economistas,
após um ganho similar em janeiro.
Isso ficaria acima da média mensal de 181 mil empregos em
2017 e os cerca de 100 mil por mês necessários para acompanhar o
crescimento da população em idade de trabalhar.
A projeção de alta para os ganhos médios por hora é de 0,2
por cento em fevereiro. Os ganhos se recuperaram fortemente após
uma queda não esperada em outubro, subindo 0,3 por cento em
novembro. O movimento foi seguido por aumentos de 0,4 por cento
em dezembro e 0,3 por cento em janeiro.
(Por Lucia Mutikani)
((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447509))
REUTERS TH CMO


Assuntos desta notícia