Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

SYDNEY, 13 Mar (Reuters) – O departamento de clima da
Austrália disse nesta terça-feira que já terminou o fenômeno
climático La Niña que começou em dezembro, e não há indicações
claras de que um evento El Niño ou La Niña vai se desenvolver
nos próximos meses.
O La Niña trouxe condições quase perfeitas para os
produtores de gado e cana-de-açúcar do país durante o verão,
enquanto as previsões para a produção do trigo aumentaram.
O evento La Niña ocorre quando as temperaturas da superfície
do Oceano Pacífico cai para níveis mais baixos que o normal,
levando a invernos mais chuvosos e frios na Hemisfério Norte
asiático, e verões mais quentes e úmidos no Hemisfério Sul.
O Escritório Australiano de Meteorologia previu em dezembro
que o ciclo do La Niña seria fraco e de curta duração, e nesta
terça-feira redefiniu sue panorama para o La Niña para
"inativo".
Mesmo assim, chuvas atingiram grandes porções do país desde
então, trazendo enchentes no nordeste australiano, aliviando
criadores de gado da seca e permitindo a recomposição de
rebanhos.
O Escritório Australiano para Recursos Econômicos e
Agrícolas (Abares, na sigla em inglês) subiu suas estimativas
tanto a produção de carne bovina quanto de trigo, esperando que
o clima impulsione os rendimentos, enquanto a indústria
açucareira da costa leste do Pacífico também deve aumentar a
produção.
(Por Tom Westbrook)
((Tradução Redação São Paulo, +5511 5644 7721))
REUTERS IM RS


Assuntos desta notícia