Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Por Tom Hals
WILMINGTON, 7 Jun (Reuters) – A varejista norte-americana
Walmart pediu à justiça que impeça uma importante
ex-executiva fiscal de se juntar à equipe da Amazon.com
, dizendo que isso violaria um acordo de não competição
e "prejudicaria irreparavelmente" os negócios da companhia ao
potencialmente levar para o rival dados sobre planos
estratégicos, incluindo potenciais alvos de aquisição.
Lisa Wadlin disse ao Walmart em janeiro que considerava
renunciar como vice-presidente sênior de assuntos fiscais, mas a
companhia não sabia que ela estava se unindo à Amazon até que os
papéis de desligamento foram assinados em 15 de maio, segundo o
documento do processo judicial.
O Walmart, maior rede de varejo do mundo, disse que o
conhecimento de Wadlin dos planos estratégicos da empresa
"seriam um imenso benefício para Amazon", de acordo com o
processo, que foi aberto na quarta-feira no Tribunal de
Chancelaria de Delaware.
O porta-voz do Walmart Randy Hargrove disse que muitos
executivos sênior do Walmart concordam em rejeitar ofertas de
concorrentes com receita superior a 7 bilhões de dólares por
dois anos após se desligarem da companhia.
"Acreditamos que a ida de Wadlin para a Amazon violará a
cláusula de não concorrência", afirmou Hargrove.
Lisa Wadlin e a Amazon não responderam imediatamente aos
pedidos de comentário.
O Walmart tem investido no segmento online para tentar
acompanhar o ritmo da Amazon, que ingressou no segmento de
varejo alimentar com a aquisição da Whole Foods.
Wadlin foi contratada pela Amazon como vice-presidente de
questões fiscais e política tributária, segundo o processo.
Ela tem informações sigilosas, incluindo detalhes sobre as
metas de potenciais fusões do Walmart, segundo o documento. A
varejista ainda disse que a Amazon pode usar as informações para
interferir nos acordos do Walmart, ou forçá-lo a pagar mais.
(Reportagem adicional de Nandita Bose e Jeffrey Dastin)
((Tradução Redação São Paulo; 55 11 56447553))
REUTERS GM AAP


Assuntos desta notícia