Clicky

Profitchart Pro 728×90

A Vale anunciou nesta quinta-feira o resultado financeiro referente ao terceiro trimestre de 2016. O lucro líquido totalizou R$ 1,842 bilhão no terceiro trimestre,  48,6% abaixo dos R$ 3,585 bilhões registrados no segundo trimestre de 2016, principalmente devido às variações cambiais (R$ 1,072 bilhão). O lucro básico recorrente (ajuste no lucro líquido para os itens não recorrentes) foi de R$ 3,085 bilhões no 3T16, principalmente devido aos ajustes para variação cambial (R$ 1,072 bilhão).

O Ebitda ajustado ficou em R$ 9,829 bilhões no terceiro trimestre, alta de 17,8% do registrado no segundo trimestre, principalmente em função do aumento no Ebitda dos segmentos de minerais ferrosos (R$ 620 milhões), metais básicos (R$ 649 milhões) e carvão (R$ 377 milhões).

MetaTrader 300×250

A receita líquida totalizou R$ 23,772 bilhões no trimestre , aumento de R$ 569 milhões em comparação com o segundo, devido aos maiores preços de venda de finos de minério de ferro e pelotas (R$ 893 milhões), níquel e cobre (R$ 311 milhões), Carvão (R$ 81 milhões), maiores volumes de vendas em minerais ferrosos (R$ 412 milhões), metais básicos (R$ 58 milhões) e fertilizantes (R$ 461 milhões), parcialmente compensados pela variação cambial (R$ 1,643 bilhão).

A dívida líquida caiu US$ 1,543 bilhão para US$ 25,965 bilhões, com uma posição de caixa de US$ 5,484 bilhões. A dívida bruta também reduziu em US$ 365 milhões para US$ 31,449 bilhões no terceiro trimestre.

Os investimentos da mineradora totalizaram US$ 1,257 bilhão no trimestre, representando uma redução de US$ 111 milhões em comparação com o segundo.

Os investimentos na execução de projetos totalizaram US$ 741 milhões no 3T16,

Os investimentos na manutenção das operações existentes totalizaram US$ 516 milhões no 3T16, ficando 11,4% acima do 2T16, como resultado da usual concentração de investimentos no segundo semestre do ano.

Produção

A produção de minério de ferro ficou em 92,1 Mt; produção de minério de ferro em Carajás de 38,7 Mt; produção de pelotas em Tubarão 3, Tubarão 8 e Vargem Grande de 1,2 Mt, 1,8 Mt e 1,8 Mt, respectivamente t; produção de ouro contido em concentrado de níquel e cobre de 118.000 t; produção de carvão de Moatize de 1,8 Mt.

Os custos e despesas caíram R$ 1,685 bilhão nos 9M16 em comparação com os 9M15, principalmente devido às iniciativas de redução de custos e despesas (R$ 8,293 bilhões), sendo parcialmente compensados pelos maiores volumes de vendas (R$ 3,720 bilhões) e pela variação cambial (R$ 2,890 bilhões).


Assuntos desta notícia