Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

HAMBURGO, 17 Mai (Reuters) – A Suedzucker , a maior
empresa de refino de açúcar da Europa, disse que está sofrendo
com a profunda queda dos preços da commodity nos últimos meses e
planeja acelerar as exportações para tentar compensar.
"A queda drástica nos preços do açúcar para um nível baixo
histórico não pode ser compensada por menores custos de produção
e maior volume de vendas", disse a Suedzucker nesta quinta-feira
em comunicado sobre seus resultados anuais.
A União Europeia liberalizou seu mercado de açúcar em
setembro passado, pondo fim ao sistema de preços mínimos
garantidos e cotas de produção, dando aos produtores liberdade
para expandir e exportar mais e atrelar os preços da UE aos
mercados mundiais.
Porém, o pior cenário se desenrolou, com os produtores
europeus expostos aos fracos preços globais em um mercado com
excesso de oferta.
"A produção de açúcar no mundo cresceu mais rápido do que o
consumo, a taxa de câmbio entre o euro e o dólar é muito
desfavorável para nós e os preços do açúcar no mercado mundial e
na Europa estão atualmente indo em uma única direção: para
baixo", disse a Suedzucker.
"No entanto, nós acreditamos que no atual nível de preços do
mercado mundial, muitos produtores não podem ser lucrativos,
portanto os ajustes de preço e volume são apenas uma questão de
tempo", afirmou.
(Por Michael Hogan)
((Tradução Redação São Paulo, +5511 5644 7721))
REUTERS IM JRG


Assuntos desta notícia

Join the Conversation