Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

SÃO PAULO, 11 Mai (Reuters) – As ações da BRF
operavam com volatilidade na manhã desta sexta-feira, tendo no
radar resultado do primeiro trimestre, quando a companhia de
alimentos apurou prejuízo líquido de 114 milhões de reais,
abaixo da perda de 286 milhões registrado um ano antes. O Ebitda
somou 783 milhões de reais, alta de 54,8 por cento.

– O conselho de administração da BRF também decidiu manter o
diretor presidente global da empresa, Lorival Nogueira Luz Jr.,
interinamente no cargo, até concluir uma reavaliação
organizacional.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

– Às 10:21, os papéis caíam 0,25 por cento, a 23,94 reais,
enquanto o Ibovespa tinha variação negativa de 0,14 por
cento. Nos primeiros 20 minutos pregão, os papéis da companhia
já oscilaram entre queda de 2,67 por cento e alta de 1,2 por
cento.

– "Apesar de ser um trimestre sazonalmente fraco, o primeiro
trimestre de 2018 pode ser um dos trimestres mais fortes do
ano", avaliaram analistas do Credit Suisse, que consideraram os
números em linha com o esperado, mas destacaram um horizonte
desafiador para a empresa.

– Em relatório a clientes, Victor Saragiotto e Ian Miller
afirmaram que esperam resultados desafiadores à frente, citando
entre as razões a alta dos preços dos grãos, provável piora nos
resultados da Europa e preços no Brasil ainda pressionados, além
da chance de a empresa precisar de capital de giro maior em
razão de estoques mais elevados e alta dos preços de grãos.

(Por Paula Arend Laier
Edição Raquel Stenzel)
(([email protected]; +55 11 5644 7764; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia