Clicky

MetaTrader 728×90

SÃO PAULO, 14 Jun (Reuters) – As ações da BRF
avançaram mais de 8 por cento logo após a abertura da bolsa
nesta quinta-feira, em meio a expectativas de que Pedro Parente
assuma a presidência-executiva da gigante de alimentos, que tem
sofrido com uma série de eventos negativo.

– Às 10:30, os papéis reduziam os ganhos para 4,7 por cento,
a 21,15 reais, mas ainda lideravam as altas do Ibovespa, que
tinha variação positiva de 0,02 por cento. No melhor momento,
quando subiram 8,22 por cento, atingiram 21,86 reais. Na
quarta-feira, as ações tocaram mínima intradia desde maio de
2010, a 19,41 reais.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

– O ex-presidente da Petrobras Pedro Parente foi
convidado a assumir o comando da BRF, do qual já é presidente do
conselho de administração, disse à Reuters na quarta-feira uma
fonte próxima às negociações. Para assumir o cargo, ele precisa
de aval da Comissão de Ética da Presidência da
República.

– Procurada, a BRF afirmou que "não comenta rumores de
mercado".

– Em nota a clientes, o BTG Pactual destacou que a nomeação
de Parente pode reduzir a pressão vendedora nos papéis, mas
ressaltou que a empresa ainda enfrenta desafios importantes e
que uma recuperação levará algum tempo. "Momento segue
desafiador", disse o BTG, reiterando visão cautelosa.

– Até a véspera, a BRF acumulava desvalorização de cerca de
45 por cento neste ano, afetada por eventos como a operação
Carne Fraca, suspensão de exportações de frango para a União
Europeia e imposição de sobretaxas pela China sobre importações
brasileiras. Os papéis vêm de quedas de 24 por cento, 10,5 por
cento e 11,25 por cento em 2017, 2016 e 2015, respectivamente,
em meio a resultados fracos e problemas de gestão.

(Por Paula Arend Laier
Edição de Raquel Stenzel)
(([email protected]; +55 11 5644 7764; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia

Join the Conversation