Clicky

MetaTrader 728×90

(Repete matéria publicada na noite de segunda-feira sem
alterações)
SÃO PAULO, 13 Nov (Reuters) – O aumento das vendas, a
estabilização da despesas operacionais e a queda das despesas
financeiras fizeram a Marfrig reduzir o prejuízo no
terceiro trimestre.
A empresa de alimentos e processadora de carne informou
nesta segunda-feira que teve prejuízo líquido de 58 milhões de
reais de julho a setembro, ante perda de 156 milhões de reais do
mesmo período de 2016.
A receita líquida cresceu 11 por cento ano a ano, para 4,83
bilhões de reais, impactada pela alta de 22 por cento no volume
de bovinos, após a empresa acelerar a expansão de unidades no
Brasil, incluindo algumas que "haviam sido temporariamente
fechadas durante o ciclo negativo".
"O setor de proteína animal, após ter superado os efeitos da
operação Carne Fraca (da Polícia Federal), voltou-se mais para
os fundamentos. No caso específico de bovinos, observou-se uma
recuperação tanto no volume de exportação como nas margens do
setor; refletindo o esperado ciclo positivo de gado", afirmou a
companhia no balanço.
Na outra ponta, as despesas com vendas, gerais e
administrativas somaram 252 milhões de reais, estáveis em
relação a um ano antes.
Com isso, o resultado operacional da companhia medido pelo
lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização
(Ebitda) ajustado de 490 milhões de reais de julho a setembro,
avanço ante os 349 milhões de igual período do ano passado.
Além disso, o resultado financeiro líquido foi negativo em
427 milhões, porém uma despesa 9 por cento menor ano a ano.
Em contrapartida, a maior necessidade de capital de giro e
investimentos fez o caixa da empresa cair em 221 milhões de
dólares em três meses, para 1,43 bilhão no fim de setembro. E a
dívida líquida fechou o trimestre em 2,22 bilhões de dólares,
aumento de 9 por cento ante junho.

(Por Aluísio Alves, edição Alberto Alerigi Jr.)
(([email protected]; + 55 11 5644-7712;
Reuters Messaging:
[email protected]))

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation