Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Por Kate Duguid
NOVA YORK, 17 Abr (Reuters) – Os rendimentos de curto prazo
dos Treasuries dos Estados Unidos subiam nesta terça-feira,
conduzindo a curva de rendimentos para o seu nível mais plano em
mais de uma década, uma vez que dados econômicos de março dão
suporte a novas altas da taxa de juros por parte do Federal
Reserve, banco central dos Estados Unidos, em 2018.
Às 12:15 (horário de Brasília), os Treasuries de 10 anos
rendiam 2,832 por cento, contra 2,832 por cento na
terça-feira. Os títulos de dois anos rendiam 2,394
por cento, ante 2,377 na sessão anterior.
A diferença entre os rendimentos dos títulos de dois e de 10
anos se achatou para 44 pontos base nesta
terça-feira. A diferença entre os rendimentos de cinco e 30 anos
chegou a 33,20 pontos base , em seu maior nível
desde 2008.
"Estamos encerrando o trimestre em bases mais sólidas do que
havíamos visto em janeiro e fevereiro", disse John Herrmann,
diretor de estratégias de juros dos EUA na MUFG Securities.
"Mesmo com o mau tempo em março, os dados realmente se
fortaleceram, apoiando a visão de que o Fed provavelmente terá
que aumentar as taxas em junho", disse Herrmann.
A estabilidade do crescimento econômico no curto prazo, no
entanto, pode ser ameaçada pelas políticas comerciais
protecionistas do presidente dos EUA, Donald Trump. Os Estados
Unidos e a China ameaçaram-se mutuamente com dezenas de bilhões
de dólares em tarifas nas últimas semanas, alimentando
preocupações sobre uma guerra comercial que ameaça as cadeias
produtivas globais e planos de investimento.

(Por Kate Duguid)
((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447509))
REUTERS TH ID

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation