Clicky

MetaTrader 728×90

WASHINGTON, 12 Jun (Reuters) – Os preços ao consumidor nos
Estados Unidos tiveram leve alta em maio, em meio a uma
desaceleração no ritmo dos aumentos no custo da gasolina,
apontando para pressões inflacionárias moderadas.
O Departamento de Trabalho dos EUA informou nesta
terça-feira que seu índice de preços ao consumidor subiu 0,2 por
cento, mesmo movimento de abril, uma vez que os preços dos
alimentos ficaram inalterados. Nos 12 meses até maio, o
indicador aumentou 2,8 por cento, o maior avanço desde fevereiro
de 2012, após ter subido 2,5 por cento no mês anterior.
Excluindo os componentes voláteis de alimentos e energia, o
índice subiu 0,2 por cento, apoiado por uma recuperação nos
preços dos veículos novos e no custo com saúde, após ter subido
0,1 por cento em abril.
O núcleo do índice de preços ao consumidor subiu 2,2 por
cento na base anual, o maior aumento desde fevereiro de 2017,
ante 2,1 por cento em abril.
Economistas projetavam que tanto os preços ao consumidor
quanto o núcleo aumentariam 0,2 por cento em maio.

(Por Lucia Mutikani)
((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447509))
REUTERS TH CMO

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation