Clicky

MetaTrader 728×90

SÃO PAULO, 13 Out (Reuters) – O dólar recuava frente ao real
nesta sexta-feira, de volta ao patamar de 3,15 reais e seguindo
o mercado externo após divulgação de inflação dos Estados Unidos
mais fraca do que o esperado em setembro, aliviando temores de
que o banco central do país possa elevar os juros mais do que o
esperado.
O Ibovespa subia em sessão positiva para commodities que
amparava o ganho em ações de empresas de como Vale de
siderúrgicas. As taxas dos contratos de juros futuros recuavam,
em especial as de longo prazo, com os investidores mais
aliviados sobre o cenário de alta de juros nos EUA.
Uma alta nas ações do setor de tecnologia impulsionou o S&P
e o Nasdaq para máximas nesta sexta-feira, mas o avanço era
limitado por uma queda entre os bancos, pois o Wells Fargo não
atingiu as estimativas de lucro pelo quarto trimestre
consecutivo.

Veja como estavam os principais mercados financeiros pouco
depois das 13h20 desta sexta-feira:

MetaTrader 300×250

CÂMBIO
O dólar recuava frente ao real nesta sexta-feira, de volta
ao patamar de 3,15 reais e seguindo o mercado externo após
divulgação de inflação dos Estados Unidos mais fraca do que o
esperado em setembro, aliviando temores de que o banco central
do país possa elevar os juros mais do que o esperado.
"Os números de inflação eram a notícia mais importante do
dia. Como veio mais baixa do que o esperado, e os EUA querem
inflação um pouco mais alta, esses números podem gerar dúvidas
no Fed sobre nova alta dos juros", afirmou o operador de câmbio
na Advanced Corretora, Alessandro Faganello, referindo-se ao
Federal Reserve, banco central norte-americano.
Os preços ao consumidor nos Estados Unidos subiram 0,5 por
cento em setembro, o maior avanço em oito meses, com os preços
da gasolina subindo após as interrupções da produção
relacionadas com os furacões, mas a inflação permaneceu fraca.
Economistas ouvidos em pesquisa da Reuters esperavam avanço de
0,6 por cento no mês.
Com isso, o mercado ficou mais aliviado e reduziu temores de
que o Fed poderia elevar mais do que o esperado os juros no
país. Na quarta-feira, ao divulgar sua ata, o banco central dos
EUA informou que vários de seus membros disseram que irão se
concentrar nos dados de inflação nos próximos meses ao decidir
sobre os juros no futuro.
O mercado precificava que o Fed elevará novamente os juros
em dezembro, o que seria a terceira vez neste ano. Taxas mais
altas tendem a atrair para a maior economia do mundo recursos
aplicados hoje em outras praças financeiras, como a brasileira.
Após a divulgação dos dados de inflação, o dólar passou a
recuar frente a uma cesta de moedas e ao euro
também perdia terreno frente a divisas de países emergentes,
como o peso chileno .
Internamente, a cena política continuava no radar dos
investidores, à espera dos desdobramentos da segunda denúncia
contra o presidente Michel Temer na Câmara dos Deputados. Na
próxima semana, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da
Casa deve votar o parecer do relator, deputado Bonifácio de
Andrada (PSDB-MG), que sugeriu a rejeição da denúncia.
O dia também promete ser de baixo volume entre o feriado de
Nossa Senhora Aparecida, na véspera, e o fim de semana.

. Dólar/Real : -0,44%, a 3,1562 reais na venda;
. Euro/Dólar : +0,08%, a 1,1838 dólar;
. Dólar/Cesta de moedas : -0,09%

BOVESPA
O principal índice da bolsa paulista subia nesta
sexta-feira, voltando ao patamar dos 77 mil pontos, em sessão
positiva para commodities que amparava o ganho em ações de
empresas de como Vale e Petrobras
.
O bom resultado da balança comercial da China ajudava a
puxar as ações ligadas ao setor de commodities. As importações
do país cresceram 18,7 por cento em setembro em relação ao ano
anterior, superando as previsões de expansão de 13,5 por cento e
lideradas por matérias-primas industriais, uma vez que o boom da
construção não mostra sinais de desacelaração e as fábricas
continuaram fortes, impulsionando a demanda por de aço a cobre.

Dados da de inflação nos Estados Unidos também ajudavam o
tom positivo, uma vez que corroboram a visão de que o Federal
Reserve, banco central norte-americano, manterá o ritmo gradual
para elevar a taxa de juros do país.
Mais cedo, foi divulgado o índice de preços ao consumidor
dos EUA, que subiu 0,5 por cento em setembro, ante expectativa
em pesquisa Reuters de avanço de 0,6 por cento. Na comparação
anual, o aumento foi de 2,2 por cento, frente à expectativa de
2,3 por cento.
Localmente, o cenário político seguia no radar, com a espera
pelo andamento da mais recente denúncia contra o presidente
Michel Temer. Investidores também monitoram efeitos da decisão
do Supremo Tribunal Federal (STF) de que a adoção de medidas
cautelares que restrinjam a atuação de um parlamentar, como o
afastamento dele de suas atividades legislativas, precisa do
aval da Câmara dos Deputados ou do Senado.
A decisão terá repercussão direta no caso do senador Aécio
Neves (PSDB-MG), afastado pela segunda vez este ano das suas
atividades, a mais recente delas por decisão da Primeira Turma
do STF.
"A decisão do STF de jogar a 'batata-quente' Aécio Neves de
volta para o Senado pode gerar ainda mais desgaste na imagem da
Casa, o que, próximo de um ano eleitoral, pode significar vida
ainda mais dura para medidas não muito populares, como é o caso
da reforma da Previdência", escreveram analistas da corretora
Coinvalores em nota.

– VALE ON avançava 4,9 por cento, acompanhando o
movimento dos contratos futuros do minério de ferro na China,
que subiram 5,1 por cento na bolsa de Dalian nesta
sexta-feira.

– USIMINAS PNA tinha alta de 5,7 por cento, CSN
ON subia 4,9 por cento e GERDAU PN ganhava
3,7 por cento, também na esteira da alta nos contratos futuro de
minério de ferro e de aço na China.

– PETROBRAS PN subia 0,6 por cento e PETROBRAS ON
recuava 0,1 por cento, em sessão de ganhos nos preços
do petróleo no mercado internacional. O/R urn:newsml:reuters.com:*:nL2N1MO0D7

– LOJAS AMERICANAS PN LAME4.SA caía 3,6 por cento, GPA PN
PCAR4.SA perdia 3,3 por cento e LOJAS RENNER ON LREN3.SA
recuava 1,9 por cento, entre as maiores perdas do Ibovespa, com
o setor de varejo pressionado pela expectativa de avanço das
operações da norte-americana Amazon AMZN.O no Brasil.

– OI PN OIB4.SA subia 20,3 por cento e OI ON OIBR3.SA
avançava 12,5 por cento, após a empresa de telefonia entregar
seu plano de recuperação judicial à Justiça do Rio de Janeiro,
propondo limite de 25 por cento à conversão de dívida em ações,
abaixo do pretendido por detentores de títulos da companhia. O
plano de recuperação prevê ainda aportes de pelo menos 9 bilhões
de reais na companhia. A proposta deverá ser analisada por
milhares de credores reunidos em assembleia marcada para 23 de
outubro, com uma segunda convocação prevista para 27 de
novembro. As ações não fazem parte do Ibovespa. urn:newsml:reuters.com:*:nL2N1MM2IP

. Ibovespa .BVSP : +0,41%, a 76.972 pontos;
. Volume financeiro: R$5,15 bi.
. Índice dos principais ADRs brasileiros .BR20 : +1,32%, a
24.112 pontos.
Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em .PG.BVSP
Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em .PL.BVSP

BOLSAS DOS EUA
Uma alta nas ações do setor de tecnologia impulsionou o S&P
e o Nasdaq para a máxima nesta sexta-feira, mas o avanço era
limitado por uma queda entre os bancos, pois o Wells Fargo não
atingiu as estimativas de lucro pelo quarto trimestre
consecutivo.
O Wells Fargo WFC.N caía cerca de 3 por cento, caminhando
para a maior queda desde abril, aumentando a pressão sobre os
bancos depois que os resultados do JPMorgan JPM.N e do
Citigroup C.N elevaram as preocupações sobre o crédito ao
consumidor na quinta-feira.
Dados publicados mais cedo mostraram que as vendas no varejo
cresceram na máxima de 2 anos e meio e que os preços ao
consumidor registraram o maior avanço em oito meses no mês
passado. urn:newsml:reuters.com:*:nZON1S4U05 urn:newsml:reuters.com:*:nL8N1MO4B8
Mas a inflação na comparação anual foi fraca pelo quinto
mês, não colocando nova pressão no Federal Reserve, banco
central dos Estados Unidos, para subir os juros.
"Embora os mercados ainda esperam que o Federal Reserve
eleve os juros em dezembro, as preocupações com períodos
prolongados de inflação fraca podem tornar as expectativas de
maiores taxas de juros nos EUA em 2018 menos claras", disse o
analista de pesquisa da FXTM Lukman Otunuga.
"Embora as vendas no varejo tenham ficado abaixo das
estimativas do mercado, o número ainda é encorajador e continua
a apoiar o sentimento de alta na economia dos EUA."
Seis dos 11 principais setores do S&P avançavam, liderados
pelo índice de energia .SPNY , à medida que os preços do
petróleo subiam.
Mas o maior impulso vinha do setor de tecnologia .SPLRCT ,
liderado pela Apple AAPL.O e pelo Facebook FB.O .

. Dow Jones .DJI : +0,15%, a 22.876 pontos;
. Standard & Poor's 500 .SPX : +0,2%, a 2.556 pontos;
. Nasdaq .IXIC : +0,31%, a 6.611 pontos;

BOLSAS DA EUROPA
O índice FTSEurofirst 300 .FTEU3 fechou em alta de 0,22
por cento, a 1.537 pontos.
Em LONDRES, o índice Financial Times .FTSE recuou 0,28 por
cento, a 7.535 pontos.
Em FRANKFURT, o índice DAX .GDAX subiu 0,07 por cento, a
12.991 pontos.
Em PARIS, o índice CAC-40 .FCHI perdeu 0,17 por cento, a
5.351 pontos.
Em MILÃO, o índice Ftse/Mib .FTMIB teve valorização de
0,07 por cento, a 22.413 pontos.
Em MADRI, o índice Ibex-35 .IBEX registrou baixa de 0,17
por cento, a 10.258 pontos.
Em LISBOA, o índice PSI20 .PSI20 valorizou-se 0,02 por
cento, a 5.457 pontos.

JUROS
As taxas dos contratos de juros futuros recuavam nesta
sexta-feira, em especial as de longo prazo, com os investidores
mais aliviados sobre o cenário de alta de juros nos Estados
Unidos, após a inflação do país ter vindo aquém do esperado em
setembro.
"Os dados de inflação prejudicam a tese de aumento de juros
do Fed em dezembro, mas acreditamos que esse ainda é o cenário
mais provável. Vários outros indicadores serão divulgados até
lá, incluindo mais números de inflação", escreveu o
economista-chefe para os Estados Unidos da consultoria
norte-americana HFE, Jim O'Sullivan, em nota a clientes.
Os preços ao consumidor nos Estados Unidos subiram 0,5 por
cento em setembro, o maior avanço em oito meses, com os preços
da gasolina avançando após as interrupções da produção
relacionadas com os furacões, mas a inflação permaneceu fraca.
Economistas ouvidos em pesquisa da Reuters esperavam avanço de
0,6 por cento no mês.
Na quarta-feira, ao divulgar sua ata, o banco central dos
EUA informou que vários de seus membros disseram que irão se
concentrar nos dados de inflação nos próximos meses ao decidir
sobre os juros no futuro.
O mercado precificava que o Fed elevará novamente os juros
em dezembro, o que seria a terceira vez neste ano. Nesta sessão,
os rendimentos dos Treasuries dos Estados Unidos recuavam após
os dados de inflação. urn:newsml:reuters.com:*:nE6N1L8001
Na cena interna, o pregão dessa sexta-feira deve ter baixo
volume de negócios por estar entre o feriado de Nossa Senhora
Aparecida, na véspera, e o fim de semana.
Os investidores também estavam cautelosos com a cena
política, sobretudo com o andamento da denúncia contra o
presidente Michel Temer na Câmara dos Deputados. Na próxima
semana, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa deve
votar o parecer do relator, deputado Bonifácio de Andrada
(PSDB-MG), que sugeriu a rejeição da denúncia.
Os DIs continuavam precificando cerca de 85 por cento de
chances de corte de 0,75 ponto percentual da Selic neste mês,
com o restante indicando redução de 0,50 ponto, segundo dados da
Reuters. Por isso, as taxas dos contratos mais curtos tinham
oscilações um pouco mais contidas neste pregão. BCBWATCH
Atualmente, a Selic está em 8,25 por cento, após dois cortes
de 0,25 ponto, dois de 0,75 ponto e quatro de 1 ponto.

mês ticker último (%) fechamento variação
anterior (%) (p.p.)
NOV7 2DIJX17 7,925 7,935 -0,01
JAN8 2DIJF18 7,39 7,404 -0,014
JAN9 2DIJF19 7,27 7,29 -0,02
JAN21 2DIJF21 8,91 8,93 -0,02
JAN23 2DIJF23 9,64 9,65 -0,01

DÍVIDA
Os rendimentos dos Treasuries caíram para as mínimas de duas
semanas nesta sexta-feira, após os dados de preços ao consumidor
nos Estados Unidos mostrarem inflação baixa, decepcionando os
investidores que esperavam números maiores.
Os preços ao consumidor nos Estados Unidos registraram o
maior avanço em oito meses em setembro, com os preços da
gasolina subindo após as interrupções da produção relacionadas
com os furacões, que atingiram as refinarias de petróleo na área
da Costa do Golfo, mas a inflação permaneceu fraca.
Excluindo os componentes voláteis de alimentos e energia, os
preços ao consumidor subiram 0,1 por cento em setembro.
"Realmente não há nada para encobrir essa noção de que a
inflação está fraca e que é fraqueza em um sentido muito amplo",
disse o estrategista de juros da BMO Capital Markets, Aaron
Kohli. "O Fed apontou que a inflação está se recuperando e não
há dados para sustentar isso no momento."
A ata da reunião de setembro do Federal Reserve, divulgada
na quarta-feira, mostrou que as autoridades estavam divididas
sobre as perspectivas de crescimento da inflação e o caminho das
altas futuras dos juros se isso não acontecer.
Outros dados divulgados nesta manhã mostraram que as vendas
no varejo dos Estados Unidos registraram o maior avanço em 2
anos e meio em setembro, provavelmente pelos esforços de
reconstrução e limpeza nas áreas devastadas pelos furacões
Harvey e Irma impulsionando a demanda por matérias-primas de
construção e veículos motorizados. urn:newsml:reuters.com:*:nZON1S4U05

. Treasuries de 10 anos US10YT=RR : rendimento em queda a
2,2819%, ante 2,323% no dia anterior;
. Global 26 BRAGLB26=RR : rendimento em queda a 4,3449%,
ante 4,399% no dia anterior.

PETRÓLEO
Os preços do petróleo avançavam nesta sexta-feira, com os
dados fortes das importações chinesas e com a turbulências no
Oriente Médio impulsionando as apostas de alta em um mercado que
já mostrou sinais de reequilíbrio após anos de excesso de
oferta.
O Brent acumulava alta de mais de 2 por cento na semana,
enquanto os contratos dos Estados Unidos tinham alta de 4 por
cento.
As importações chinesas de petróleo atingiram 9 milhões de
barris por dia (bpd) em setembro, segundo dados divulgados mais
cedo. As importações atingiram a média de 8,5 milhões de bpd
entre janeiro e setembro, consolidando a posição da China como o
maior importador de petróleo do mundo.
A agitação no Iraque e a possível ação dos EUA no acordo
nuclear do Irã também sustentavam os preços.
Nesta sexta-feira, a televisão local informou que dezenas de
milhares de combatentes curdos foram para Kirkuk, região
produtora de petróleo, para enfrentar possíveis "ameaças" das
forças iraquianas.
As tensões entre os dois têm crescido desde que os curdos do
Iraque apoiaram a independência em votação em 25 de setembro. Os
operadores temem que esses conflitos possam interromper as
exportações de petróleo da região.

. Nymex – NOV/17 CLc1 : +1,7%, a 51,46 dólares por barril;
. ICE Futures Europe – Brent DEZ/17 LCOc1 : +1,76%, a 57,24
dólares por barril.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de
notícias da Reuters pelo código PAN/SA )

(Edição de Luiz Guilherme Gerbelli)
(([email protected]; 55 11 5644-7727; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia