Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Por Camila Moreira
SÃO PAULO, 24 Nov (Reuters) – Após uma sessão na véspera
marcada por maior otimismo sobre a votação da reforma da
Previdência, os mercados terminam a semana com dados dos
relatórios de política monetária e arrecadação, e de olho na
participação do presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, em
eventos em São Paulo.
O governo do presidente Michel Temer intensificou as
negociações para conseguir os votos necessários para aprovar a
proposta mais enxuta de reforma da Previdência, com expectativa
de que seja votada até o início de dezembro.
Enquanto isso, o Banco Central divulga nesta sexta-feira seu
relatório de juros e spreads de outubro, enquanto a Receita
Federal anuncia os números da arrecadação do governo federal do
mesmo mês, com expectativa em pesquisa da Reuters de que tenha
alcançado 118 bilhões de reais.
Já o presidente do BC participa pela manhã de seminário
sobre as perspectivas para 2018, e à tarde de encontro com o
setor privado, ambos em São Paulo.

Confira os principais indicadores econômicos brasileiros e
internacionais com divulgação prevista para esta sexta-feira. Os
prognósticos são de analistas ouvidos pela Reuters.:

MetaTrader 300×250

Veja como estavam os principais mercados financeiros
externos às 7:59 desta sexta-feira:
. O índice MSCI da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão
tinha alta de 0,17 por cento, a 568 pontos.
. O futuro do norte-americano S&P 500 subia 0,09 por
cento, a 2.596 pontos.
. O índice FTSEurofirst 300 tinha alta de 0,03 por
cento, a 1.522 pontos.
. Em LONDRES, o índice Financial Times recuava 0,28
por cento, a 7.396 pontos.
. Em FRANKFURT, o índice DAX subia 0,14 por cento, a
13.026 pontos.
. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 0,30 por cento,
a 5.395 pontos.
. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha valorização de
0,54 por cento, a 22.518 pontos.
. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava alta de 0,70
por cento, a 10.102 pontos.
. Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizava-se 0,16
por cento, a 5.301 pontos.
. O petróleo tipo Brent em Londres avançava 0,13 por
cento, a 63,63 dólares por barril.
. O petróleo em Nova York subia 0,98 por cento, a
58,59 dólares por barril.
. O euro tinha ganho de 0,15 por cento, a 1,1868
dólar.
. O índice do dólar sobre uma cesta de moedas perdia
0,17 por cento.

Veja como fecharam as bolsas asiáticas nesta sexta-feira:
. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,12 por cento,
a 22.550 pontos.
. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,53 por
cento, a 29.866 pontos.
. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,06 por cento, a
3.353 pontos.
. O índice CSI300 , que reúne as maiores companhias
listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,04 por cento, a 4.104
pontos.
. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 0,28
por cento, a 2.544 pontos.
. Em TAIWAN, o índice TAIEX ficou estável, a 10.854
pontos.
. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se
0,55 por cento, a 3.442 pontos.
. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,06 por
cento, a 5.982 pontos.

Veja como fecharam os principais mercados financeiros na
quinta-feira:
CÂMBIO
O dólar terminou em queda pela quinta sessão consecutiva e
no menor nível em mais de um mês, aproximando-se dos 3,20 reais,
em dia de volume reduzido com feriado nos Estados Unidos e com
um pouco mais de otimismo em relação à votação da reforma da
Previdência.
. Dólar/Real : -0,38%, a 3,2226 reais na venda;

BOVESPA
O principal índice da bolsa paulista fechou praticamente
estável nesta quinta-feira, com os investidores atentos às
articulações do governo do presidente Michel Temer para aprovar
a reforma da Previdência.
A sessão foi marcada ainda por liquidez reduzida devido ao
feriado de Ação de Graças nos Estados Unidos, movimento que deve
se estender até a sexta-feira, quando os mercados
norte-americanos operam em período reduzido.
. Ibovespa : -0,04%, a 74.486 pontos;
. Volume financeiro: R$4,22 bi.

Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em
Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em

BOLSAS DOS EUA
O mercado acionário norte-americano não operou na
quinta-feira devido ao feriado de Thanksgiving.

JUROS
O dólar terminou em queda pela quinta sessão consecutiva e
no menor nível em mais de um mês, aproximando-se dos 3,20 reais,
em dia de volume reduzido com feriado nos Estados Unidos e com
um pouco mais de otimismo em relação à votação da reforma da
Previdência.

mês ticker último fechamento variação
(%) anterior (%) (p.p.)
APR8 6,89 6,92 -0,03
JAN8 7,084 7,103 -0,019
JAN9 7,12 7,19 -0,07
JAN21 9,18 9,25 -0,07
JAN23 9,98 10,03 -0,05

DÍVIDA
O mercado de dívida norte-americano não operou na
quinta-feira devido ao feriado de Thanksgiving.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de
notícias da Reuters pelo código PAN/SA )

(Edição de Pedro Fonseca)
(([email protected]; 55 11 5644-7729; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia