Clicky

MetaTrader 728×90

Por Camila Moreira
SÃO PAULO, 31 Jan (Reuters) – A contagem de votos do governo
para a reforma da Previdência e o cenário eleitoral voltam ao
centro das atenções nesta quarta-feira, dia de relatório de
política fiscal e decisão de política monetária do Federal
Reserve.
O mercado deve digerir os números da pesquisa Datafolha
mostrando que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT)
manteve a liderança nas intenções de voto para a eleição
presidencial de outubro apesar da condenação em segunda
instância.
Ao mesmo tempo, avaliam a situação do governo em relação à
reforma da Previdência, retomando com lideranças da base a
contagem de apoio para a votação prevista para 19 de fevereiro,
uma vez que o patamar segue estacionado na marca de 270
deputados, mesmo nível de dezembro do ano passado.

Na pauta macroeconômica, o Banco Central divulga o resultado
primário do setor público consolidado brasileiro em dezembro às
10h30, e no final do dia os investidores vão se focar na
avaliação do Fed sobre a inflação ao divulgar seu último
comunicado de política monetária sobre o comando de Janet
Yellen.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Confira os principais indicadores econômicos brasileiros e
internacionais com divulgação prevista para esta quarta-feira.
Os prognósticos são de analistas ouvidos pela
Reuters.:

Veja como estavam os principais mercados financeiros
externos às 8:18 desta quarta-feira:
. O índice MSCI da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão
tinha alta de 0,39 por cento, a 607 pontos.
. O futuro do norte-americano S&P 500 subia 0,24 por
cento, a 2.831 pontos.
. O índice FTSEurofirst 300 tinha queda de 0,00 por
cento, a 1.557 pontos.
. Em LONDRES, o índice Financial Times avançava 0,03
por cento, a 7.590 pontos.
. Em FRANKFURT, o índice DAX subia 0,15 por cento, a
13.217 pontos.
. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 0,15 por cento,
a 5.482 pontos.
. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha desvalorização
de 0,09 por cento, a 23.460 pontos.
. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava alta de 0,09
por cento, a 10.437 pontos.
. Em LISBOA, o índice PSI20 valorizava-se 0,10 por
cento, a 5.698 pontos.
. O petróleo tipo Brent em Londres recuava 0,70 por
cento, a 68,54 dólares por barril.
. O petróleo em Nova York caía 0,56 por cento, a
64,14 dólares por barril.
. O euro tinha ganho de 0,37 por cento, a 1,2446
dólar.
. O índice do dólar sobre uma cesta de moedas perdia
0,24 por cento.

Veja como fecharam as bolsas asiáticas nesta quarta-feira:
. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,83 por cento,
a 23.098 pontos.
. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,86 por
cento, a 32.887 pontos.
. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,19 por cento, a
3.481 pontos.
. O índice CSI300 , que reúne as maiores companhias
listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,48 por cento, a 4.276
pontos.
. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de
0,05 por cento, a 2.566 pontos.
. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,24
por cento, a 11.103 pontos.
. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES
desvalorizou-se 0,42 por cento, a 3.533 pontos.
. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 0,25 por
cento, a 6.037 pontos.

Veja como fecharam os principais mercados financeiros na
terça-feira:
CÂMBIO
O dólar fechou o segundo pregão consecutivo em alta ante o
real nesta terça-feira, acompanhando a trajetória da moeda
norte-americana ante divisas de países emergentes no exterior e
investidores aproveitando as baixas cotações vistas na primeira
parte do pregão, mas sem desviar o foco do noticiário político
local.
. Dólar/Real : +0,42%, a 3,1799 reais na venda;

BOVESPA
O principal índice de ações da B3 fechou em queda pelo
segundo pregão seguido nesta terça-feira, acompanhando a
realização de lucros de bolsas no exterior, mas o movimento foi
atenuado por ganhos no setor de papel e celulose após resultado
forte da Fibria no quarto trimestre de 2017.

. Ibovespa : -0,25%, a 84.482 pontos;
. Volume financeiro: R$9,873 bi.
. Índice dos principais ADRs brasileiros : -0,06%, a
26.026 pontos.
Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em
Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em

BOLSAS DOS EUA
As ações dos EUA caíram pela segunda vez consecutiva nesta
terça-feira, com o Dow registrando a maior queda em dois dias
desde setembro de 2016, pressionado por ações do setor de saúde
e pelo aumento do rendimento dos Treasuries dos EUA.

. Dow Jones : -1,37%, a 26.077 pontos;
. Standard & Poor's 500 : -1,089878%, a 2.822 pontos;
. Nasdaq : -0,86%, a 7.402 pontos.

JUROS
As taxas dos contratos futuros de juros fecharam com
pequenas oscilações nesta terça-feira, com os investidores de
olho nas negociações do governo para garantir apoio para a
votação da reforma da Previdência.

mês ticker último fechamento variação
(%) anterior (p.p.)
(%)
APR8 6,673 6,68 -0,007
JAN9 6,81 6,785 0,025
JAN0 8 7,97 0,03
JAN21 8,81 8,79 0,02
JAN23 9,51 9,51 0

DÍVIDA
. Treasuries de 10 anos : rendimento em alta a
2,7236%, ante 2,699% no dia anterior;
. Global 27 : rendimento em alta a 4,5163%, ante
4,478% no dia anterior.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de
notícias da Reuters pelo código PAN/SA )

(Edição de Pedro Fonseca)
(([email protected]; 55 11 5644-7729; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia