Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Por Camila Moreira
SÃO PAULO, 17 Abr (Reuters) – Os mercados devem avaliar
nesta terça-feira dados fortes de economia da China em meio à
persistência da cautela acerca dos cenários comercial e
geopolítico, enquanto no Brasil as incertezas políticas
permanecem.
O Supremo Tribunal Federal (STF) julgará denúncia contra o
senador Aécio Neves (PSDB-MG), podendo torná-lo réu por
corrupção e obstrução de Justiça, após ter sido denunciado pela
Procuradoria-Geral da República com base em delações premiadas
de executivos da J&F.
Já o Banco Central divulga Relatório de Estabilidade
Financeira (REF) do segundo semestre de 2017, enquanto seu
presidente, Ilan Goldfajn, dá palestra em evento da Universidade
Columbia, em Nova York.
No exterior, dados econômicos sólidos da China e menores
preocupações com mais ataques dos EUA na Síria reanimavam o
apetite por risco, mas as tensões comerciais persistem.
A economia da China cresceu 6,8 por cento no primeiro
trimestre em relação ao mesmo período do ano anterior,
ligeiramente mais rápido do que o esperado, impulsionada pela
demanda do consumidor, exportações e investimento
imobiliário.

Confira os principais indicadores econômicos brasileiros e
internacionais com divulgação prevista para esta terça-feira. Os
prognósticos são de analistas ouvidos pela Reuters.:

MetaTrader 300×250

Veja como estavam os principais mercados financeiros
externos às 8:18 desta terça-feira:
. O índice MSCI da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão
tinha queda de 0,51 por cento, a 564 pontos.
. O futuro do norte-americano S&P 500 subia 0,48 por
cento, a 2.694 pontos.
. O índice FTSEurofirst 300 tinha alta de 0,41 por
cento, a 1.486 pontos.
. Em LONDRES, o índice Financial Times avançava 0,14
por cento, a 7.207 pontos.
. Em FRANKFURT, o índice DAX subia 0,75 por cento, a
12.484 pontos.
. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 0,42 por cento,
a 5.334 pontos.
. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha valorização de
1,14 por cento, a 23.596 pontos.
. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava alta de 0,25
por cento, a 9.790 pontos.
. Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizava-se 0,34
por cento, a 5.435 pontos.
. O petróleo tipo Brent em Londres avançava 0,01 por
cento, a 71,43 dólares por barril.
. O petróleo em Nova York subia 0,05 por cento, a
66,25 dólares por barril.
. O euro tinha perda de 0,02 por cento, a 1,2376
dólar.
. O índice do dólar sobre uma cesta de moedas ganhava
0,03 por cento.

Veja como fecharam as bolsas asiáticas nesta terça-feira:
. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,06 por cento,
a 21.847 pontos.
. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,83 por
cento, a 30.062 pontos.
. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 1,39 por cento, a
3.067 pontos.
. O índice CSI300 , que reúne as maiores companhias
listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 1,56 por cento, a
3.749 pontos.
. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de
0,15 por cento, a 2.453 pontos.
. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou baixa de 1,32
por cento, a 10.810 pontos.
. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se
0,03 por cento, a 3.498 pontos.
. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,00 por
cento, a 5.841 pontos.

Veja como fecharam os principais mercados financeiros na
segunda-feira:
CÂMBIO
O dólar terminou a segunda-feira com pequena baixa ante o
real com leve correção após a alta recente, movimento favorecido
pela percepção de que não deve haver escalada militar na Síria
após ataque dos Estados Unidos, França e Reino Unido no final de
semana.
. Dólar/Real: +0,18%, a 3,4180 reais na venda;

BOVESPA
O principal índice acionário da bolsa paulista fechou em
queda nesta segunda-feira, com cautela diante de incertezas em
relação à política local após a primeira pesquisa de intenção de
votos desde a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

. Ibovespa : -1,75%, a 82.861 pontos;
. Volume financeiro: R$ 12,83 bi.
. Índice dos principais ADRs brasileiros : -1,44%, a
23.740 pontos.
Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em
Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em

BOLSAS DOS EUA
O mercado de ações dos Estados Unidos fechou em alta nesta
segunda-feira, com os maiores impulsos vindos dos setores de
tecnologia e saúde conforme os investidores ficaram otimistas em
relação à temporada de lucros e menos preocupados com os ataques
de mísseis liderados pelos EUA na Síria.
. Dow Jones : +0,87%, a 24.573 pontos;
. Standard & Poor's 500 : +0,81%, a 2.678 pontos;
. Nasdaq : +0,7%, a 7.156 pontos.

JUROS
As taxas dos contratos futuros de juros terminaram com
pequenas quedas nesta segunda-feira, com dados fracos de
inflação e atividade econômica mantendo o caminho aberto para
redução da Selic, e com a cena externa tranquila mesmo após o
ataque dos Estados Unidos e aliados à Síria no fim de semana.

mês ticker último fechamento variação
(%) anterior (%) (p.p.)
JUN8 6,34 6,34 0
JAN9 6,23 6,225 0,005
JAN0 6,92 6,93 -0,01
JAN21 7,96 8,01 -0,05
JAN23 9,14 9,19 -0,05

DÍVIDA
. Treasuries de 10 anos : rendimento em alta a
2,8285%, ante 2,828% no dia anterior;
. Global 27 : rendimento em queda a 4,6091%,
ante 4,613% no dia anterior.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de
notícias da Reuters pelo código PAN/SA )

(Edição de Pedro Fonseca)
(([email protected]; 55 11 5644-7729; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia

Join the Conversation