Clicky

MetaTrader 728×90

Por Camila Moreira
SÃO PAULO, 14 Fev (Reuters) – Os mercados nacionais voltam
da pausa de Carnaval nesta quarta-feira em um pregão de horário
reduzido marcado pela divulgação dos dados de inflação nos
Estados Unidos, que podem aliviar ou inflamar os temores de
altas mais rápidas de juros globalmente.
Os temores em relação ao avanço dos preços nos EUA foram
exatamente a causa da recente onda de vendas nos mercados
acionários e, apesar de uma esperada moderação na inflação
anual, o relatório desta quarta-feira do Departamento do
Trabalho não deverá mudar as expectativas de maiores pressões de
preços este ano.
Os dados serão divulgados às 11:30 (horário de Brasília), e
a expectativa em pesquisa da Reuters é de que o índice de preços
ao consumidor norte-americano tenha subido 0,3 por cento em
janeiro após avançar 0,2 por cento em dezembro. Na base anual, a
expectativa é de alta de 1,9 por cento ante 2,1 por cento em
dezembro.
Na cena interna, as atenções continuam voltadas para a
reforma da Previdência e as eleições presidenciais. Durante o
Carnaval, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ),
convocou prefeitos e governadores a angariarem votos para o
governo aprovar o texto da reforma previdenciária, afirmando que
Estados e municípios precisam das mudanças nas regras devido aos
seus problemas fiscais.
Um eventual adiamento da votação da reforma previdenciária
não decreta o fracasso eleitoral de candidatos do campo
governista neste ano, embora retire de nomes como o do ministro
da Fazenda, Henrique Meirelles, do presidente da Câmara dos
Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ou do próprio presidente
Michel Temer o discurso reformista e de rearranjo das contas
durante a campanha.

Confira os principais indicadores econômicos brasileiros e
internacionais com divulgação prevista para esta quarta-feira.
Os prognósticos são de analistas ouvidos pela
Reuters.:

MetaTrader 300×250

Veja como estavam os principais mercados financeiros
externos às 8:16 desta quarta-feira:
. O índice MSCI da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão
tinha alta de 0,91 por cento, a 569 pontos.
. O futuro do norte-americano S&P 500 subia 0,32 por
cento, a 2.670 pontos.
. O índice FTSEurofirst 300 tinha alta de 0,70 por
cento, a 1.464 pontos.
. Em LONDRES, o índice Financial Times avançava 0,69
por cento, a 7.217 pontos.
. Em FRANKFURT, o índice DAX subia 0,79 por cento, a
12.292 pontos.
. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 0,71 por cento,
a 5.145 pontos.
. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha valorização de
0,17 por cento, a 22.072 pontos.
. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava alta de 0,48
por cento, a 9.696 pontos.
. Em LISBOA, o índice PSI20 valorizava-se 0,74 por
cento, a 5.405 pontos.
. O petróleo tipo Brent em Londres recuava 0,43 por
cento, a 62,45 dólares por barril.
. O petróleo em Nova York caía 0,71 por cento, a
58,77 dólares por barril.
. O euro tinha perda de 0,02 por cento, a 1,2347
dólar.
. O índice do dólar sobre uma cesta de moedas perdia
0 por cento.

Veja como fecharam as bolsas asiáticas nesta quarta-feira:
. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,43 por cento,
a 21.154 pontos.
. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 2,27 por
cento, a 30.515 pontos.
. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,46 por cento, a
3.199 pontos.
. O índice CSI300 , que reúne as maiores companhias
listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 0,80 por cento, a 3.967
pontos.
. Em SEUL, o índice KOSPI teve valorização de 1,11
por cento, a 2.421 pontos.
. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,48
por cento, a 10.421 pontos.
. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES
desvalorizou-se 0,36 por cento, a 3.402 pontos.
. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,25 por
cento, a 5.841 pontos.

Veja como fecharam os principais mercados financeiros
nacionais na sexta-feira e internacionais na terça-feira:
CÂMBIO
O dólar fechou com alta nesta sexta-feira, finalmente
chegando a 3,30 reais e no maior nível desde dezembro, em meio à
cautela com a cena externa e o final de semana prolongado por
causa do Carnaval, já que os mercados locais ficarão fechados
por dois dias na próxima semana.
. Dólar/Real : +0,65%, a 3,3023 reais na venda;

BOVESPA
O principal índice de ações a B3 fechou em queda nesta
sexta-feira, após sessão volátil, acompanhando o sobe-e-desce de
Wall Street, com investidores também cautelosos ante o fim de
semana prolongado pelo Carnaval e atentos ao noticiário
corporativo.
. Ibovespa : -0,78%, a 80.898 pontos;
. Volume financeiro: R$12,351 bi.
. Índice dos principais ADRs brasileiros : +0,59%, a
24.933 pontos.
Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em
Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em

BOLSAS DOS EUA
As bolsas de valores dos Estados Unidos fecharam em alta
nesta terça-feira pela terceira sessão consecutiva,
impulsionadas por ações da Amazon.com e da Apple, enquanto
investidores se concentraram na expectativa em torno da
divulgação de dados sobre a inflação do país, prevista para a
quarta-feira.
. Dow Jones : +0,16%, a 24.640 pontos;
. Standard & Poor's 500 : +0,261295%, a 2.662 pontos;
. Nasdaq : +0,45%, a 7.013 pontos;

JUROS
As taxas dos contratos futuros de juros mais curtos fecharam
com pequenas baixas nesta sexta-feira, com os dados do varejo
mais fracos do que o esperado contribuindo para manter alguma
expectativa de que o Banco Central pode reduzir novamente a
Selic.

mês ticker último fechamento variação
(%) anterior (p.p.)
(%)
APR8 6,625 6,633 -0,008
JAN9 6,725 6,74 -0,015
JAN0 7,98 7,97 0,01
JAN21 8,9 8,85 0,05
JAN23 9,68 9,59 0,09

DÍVIDA
. Treasuries de 10 anos : rendimento a 2,84%;
. Global 27 : rendimento a 4,798%;

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de
notícias da Reuters pelo código PAN/SA )

(Edição de Raquel Stenzel)
(([email protected]; 55 11 5644-7729; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia