Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Por Camila Moreira
SÃO PAULO, 15 Fev (Reuters) – A ata da última reunião do
Banco Central deverá ser o destaque desta quinta-feira no
cenário interno, com os investidores em busca de mais
informações sobre o futuro da política monetária nacional,
enquanto os mercados internacionais dão de ombros para os dados
de inflação nos Estados Unidos e mostram firmeza.
O BC publica às 8h o documento sobre o encontro em que o
Copom cortou a Selic para o piso histórico de 6,75 por cento ao
ano e sinalizou que o ciclo de afrouxamento monetário deve
acabar em março. Entretanto, ponderou naquele momento que
mudanças na evolução do cenário e do balanço de riscos poderiam
levar a uma redução adicional nos juros.
O mercado pode repercutir ainda a informação de que a
Petrobras estabeleceu um prazo até o fim de março
para receber propostas vinculantes para uma participação
controladora na rede de gasodutos da Transportadora Associada de
Gás (TAG).
No exterior, os mercados asiáticos e europeus subiam na
esteira dos ganhos de Wall Street, uma vez que os investidores
ignoravam os dados mais fortes que o esperado da inflação dos
EUA na véspera, o que aumentou preocupações de que o Federal
Reserve pode elevar os juros mais cedo que o esperado. Isso
porque as vendas no varejo caíram inesperadamente em janeiro,
sugerindo que um crescimento mais lento pode acompanhar a
inflação mais alta.

Confira os principais indicadores econômicos brasileiros e
internacionais com divulgação prevista para esta quinta-feira.
Os prognósticos são de analistas ouvidos pela
Reuters.:

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Veja como estavam os principais mercados financeiros
externos às 7:18 desta quinta-feira:
. O índice MSCI da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão
tinha alta de 1,34 por cento, a 578 pontos.
. O futuro do norte-americano S&P 500 subia 0,68 por
cento, a 2.715 pontos.
. O índice FTSEurofirst 300 tinha alta de 0,62 por
cento, a 1.478 pontos.
. Em LONDRES, o índice Financial Times avançava 0,53
por cento, a 7.252 pontos.
. Em FRANKFURT, o índice DAX subia 0,63 por cento, a
12.417 pontos.
. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 1,23 por cento,
a 5.228 pontos.
. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha valorização de
0,80 por cento, a 22.613 pontos.
. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava alta de 1,16
por cento, a 9.798 pontos.
. Em LISBOA, o índice PSI20 valorizava-se 1,51 por
cento, a 5.502 pontos.
. O petróleo tipo Brent em Londres avançava 0,16 por
cento, a 64,46 dólares por barril.
. O petróleo em Nova York subia 0,61 por cento, a
60,97 dólares por barril.
. O euro tinha ganho de 0,36 por cento, a 1,2493
dólar.
. O índice do dólar sobre uma cesta de moedas perdia
0,49 por cento.

Veja como fecharam as bolsas asiáticas nesta quinta-feira:
. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 1,47 por cento,
a 21.464 pontos.
. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 1,97 por
cento, a 31.115 pontos.
. Em XANGAI, o índice SSEC não abriu.
. O índice CSI300 , que reúne as maiores companhias
listadas em XANGAI e SHENZHEN, não teve operações.
. Em SEUL, o índice KOSPI permaneceu fechado.
. Em TAIWAN, o índice TAIEX não abriu.
. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se
1,19 por cento, a 3.443 pontos.
. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 avançou 1,16 por
cento, a 5.909 pontos.

Veja como fecharam os principais mercados financeiros na
quarta-feira:
CÂMBIO
O dólar fechou com queda de mais de 2 por cento, voltando a
ficar abaixo do patamar de 3,25 reais nesta quarta-feira,
acompanhando a cena externa e numa sessão marcada pelo baixo
volume de negócios após a folga do Carnaval, que manteve os
mercados brasileiros fechados por dois dias seguidos.

. Dólar/Real : -2,27%, a 3,2274 reais na venda;

BOVESPA
O principal índice de ações da B3 fechou em alta de mais de
3 por cento nesta quarta-feira, na volta do feriado do Carnaval,
beneficiado pelo quadro externo favorável, em sessão marcada
ainda pelo vencimento dos contratos de opções sobre o Ibovespa e
de contrato futuro do índice .
. Ibovespa : +3,27%, a 83.542 pontos;
. Volume financeiro: R$11,26 bi.
. Índice dos principais ADRs brasileiros : +3,13%, a
25.715 pontos.
Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em
Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em

BOLSAS DOS EUA
Os índices acionários em Wall Street subiram nesta
quarta-feira, com investidores desprezando dados de inflação
mais fortes que o esperado e comprando ações do Facebook,
Amazon.com e Apple.
. Dow Jones : +1,03%, a 24.893 pontos;
. Standard & Poor's 500 : +1,340248%, a 2.698 pontos;
. Nasdaq : +1,86%, a 7.144 pontos;

JUROS
As taxas dos contratos futuros de juros fecharam em baixa
nesta quarta-feira, seguindo a forte queda do dólar frente ao
real e a cena externa, numa sessão de baixo volume na volta da
folga do Carnaval, que manteve os mercados fechados por dois
dias.

mês ticker último fechamento variação
(%) anterior (p.p.)
(%)
JAN9 6,715 6,725 -0,01
JAN0 7,95 7,98 -0,03
JAN21 8,87 8,9 -0,03
JAN23 9,67 9,68 -0,01

DÍVIDA
. Treasuries de 10 anos : rendimento em alta a
2,9149%, ante 2,84% no dia anterior;
. Global 27 : rendimento em alta a 4,8012%, ante
4,798% no dia anterior.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de
notícias da Reuters pelo código PAN/SA )

(Edição de Pedro Fonseca)
(([email protected]; 55 11 5644-7729; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia