Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Por Camila Moreira
SÃO PAULO, 23 Nov (Reuters) – A empreitada do governo para
garantir os votos necessários para aprovar a reforma da
Previdência mantêm os mercados nacionais em alerta em sessão
marcada ainda por dados de inflação e feriado nos Estados
Unidos.
O relator da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da
reforma da Previdência, deputado Arthur de Oliveira Maia
(PPS-BA), admitiu na véspera que o governo terá um "trabalho
árduo" para conseguir aprovar a matéria, depois de apresentar a
versão enxuta do texto em jantar promovido pelo presidente
Michel Temer.
O jantar reuniu 176 pessoas, entre parlamentares, ministros
e economistas. O governo tem trabalhado para passar o texto no
plenário da Câmara ainda este ano e promoveu até mesmo uma
minirreforma ministerial para ampliar os apoios entre os
aliados.
O esforço inclui ainda o adiamento, ao menos por enquanto,
da substituição do tucano Antonio Imbassahy pelo peemedebista
Carlos Marun na Secretaria de Governo, a fim de garantir votos
do PSDB na nova versão da reforma da Previdência, mesmo que
Temer esteja sob pressão da bancada do PMDB da
Câmara.
A pauta desta quinta-feira tem ainda a divulgação pelo IBGE
dos números de novembro do IPCA-15, com expectativa em pesquisa
da Reuters de alta de 0,4 por cento sobre o mês anterior,
acumulando 2,84 por cento em 12 meses.
Já o Banco Central divulga seu relatório de juros e
spreads de outubro às 10h30.
As negociações, entretanto, devem ser reduzidas nesta
sessão, uma vez que o mercado estará fechado nos Estados Unidos
devido ao feriado do Dia de Ação de Graças.

Confira os principais indicadores econômicos brasileiros e
internacionais com divulgação prevista para esta quinta-feira.
Os prognósticos são de analistas ouvidos pela
Reuters.:

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Veja como estavam os principais mercados financeiros
externos às 8:22 desta quinta-feira:
. O índice MSCI da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão
tinha queda de 0,13 por cento, a 567 pontos.
. O futuro do norte-americano S&P 500 subia 0,07 por
cento, a 2.596 pontos.
. O índice FTSEurofirst 300 tinha queda de 0,14 por
cento, a 1.519 pontos.
. Em LONDRES, o índice Financial Times recuava 0,22
por cento, a 7.402 pontos.
. Em FRANKFURT, o índice DAX caía 0,12 por cento, a
12.999 pontos.
. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 0,30 por cento,
a 5.368 pontos.
. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha valorização de
0,14 por cento, a 22.346 pontos.
. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava alta de 0,41
por cento, a 10.055 pontos.
. Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizava-se 0,10
por cento, a 5.299 pontos.
. O petróleo tipo Brent em Londres recuava 0,57 por
cento, a 62,96 dólares por barril.
. O petróleo em Nova York caía 0,33 por cento, a
57,83 dólares por barril.
. O euro tinha ganho de 0,19 por cento, a 1,1842
dólar.
. O índice do dólar sobre uma cesta de moedas perdia
0,06 por cento.

Veja como fecharam as bolsas asiáticas nesta quinta-feira:
. Em TÓQUIO, o índice Nikkei não abriu.
. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 0,99 por
cento, a 29.707 pontos.
. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 2,26 por cento, a
3.352 pontos.
. O índice CSI300 , que reúne as maiores companhias
listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 2,93 por cento, a
4.103 pontos.
. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de
0,13 por cento, a 2.537 pontos.
. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,30
por cento, a 10.854 pontos.
. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES
desvalorizou-se 0,20 por cento, a 3.423 pontos.
. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,00 por
cento, a 5.986 pontos.

Veja como fecharam os principais mercados financeiros na
quarta-feira:
CÂMBIO
O dólar fechou em queda nesta quarta-feira e voltou ao
patamar de 3,23 reais, acompanhando a trajetória da moeda
norte-americana no exterior e com investidores à espera das
negociações do presidente Michel Temer com a base aliada para
aprovação da reforma da Previdência.
. Dólar/Real : -0,54%, a 3,2349 reais na venda;

BOVESPA
O principal índice da bolsa paulista fechou praticamente
estável nesta quarta-feira, com investidores evitando grandes
apostas à espera de novidades sobre o avanço da reforma da
Previdência e com as fortes altas nos três pregões anteriores
abrindo espaço para algum ajuste.
. Ibovespa : -0,1%, a 74.518 pontos;
. Volume financeiro: R$9,59 bi.
. Índice dos principais ADRs brasileiros : %, a
pontos.
Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em
Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em

BOLSAS DOS EUA
Os índices acionários dos Estados Unidos fecharam quase
inalterados nesta quarta-feira, com as ações de serviços de
telecomunicações entre os mais ativos, enquanto o setor de
energia subiu em linha com os ganhos do petróleo.[]
. Dow Jones : -0,27%, a 23.526 pontos;
. Standard & Poor's 500 : -0,08%, a 2.597 pontos;
. Nasdaq : +0,07%, a 6.866 pontos;

JUROS
As taxas dos contratos futuros de juros terminaram com leves
oscilações nesta quarta-feira, em meio aos esforços do governo
do presidente Michel Temer para conseguir apoio político para
aprovar a reforma da Previdência.

mês ticker último fechamento variação
(%) anterior (%) (p.p.)
APR8 6,92 6,93 -0,01
JAN8 7,103 7,114 -0,011
JAN9 7,19 7,19 0
JAN21 9,25 9,25 0
JAN23 10,03 10,01 0,02

DÍVIDA

. Treasuries de 10 anos : rendimento em queda a
2,3258%, ante 2,361% no dia anterior;
. Global 26 : rendimento em queda a 4,3441%,
ante 4,345% no dia anterior.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de
notícias da Reuters pelo código PAN/SA )

(Edição de Raquel Stenzel)
(([email protected]; 55 11 5644-7729; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia