Clicky

MetaTrader 728×90

Por Camila Moreira
SÃO PAULO, 22 Jan (Reuters) – O Ministério da Fazenda
divulgará nesta segunda-feira o resultado da Previdência Social
de 2017, em um dia que deve ser marcado pela cautela nos
mercados com a aproximação do julgamento do ex-presidente Luiz
Inácio Lula da Silva e pela paralisação do governo dos Estados
Unidos.
A Secretaria de Previdência da Fazenda divulga os dados
previdenciários às 10h, com entrevista do secretário Marcelo
Caetano, no momento em que o governo faz um esforço para
garantir os votos necessários para a votação da reforma da
Previdência, marcada para 19 de fevereiro.
Diante da expectativa com o julgamento em segunda instância
do ex-presidente Lula, marcado para quarta-feira, que pode
deixá-lo inelegível se for condenado pelo Tribunal Regional
Federal da 4ª Região, não devem ocorrer grandes apostas nos
próximos dias.
A incerteza também está no ar com os EUA, onde o governo
permanece paralisado e os senadores devem realizar uma votação
ao meio-dia (15h no horário de Brasília) sobre uma medida para
financiar as operações da administração federal até 8 de
fevereiro.

Confira os principais indicadores econômicos brasileiros e
internacionais com divulgação prevista para esta segunda-feira.
Os prognósticos são de analistas ouvidos pela
Reuters.:

MetaTrader 300×250

Veja como estavam os principais mercados financeiros
externos às 8:06 desta segunda-feira:
. O índice MSCI da região Ásia-Pacífico com exceção do Japão
tinha alta de 0,29 por cento, a 600 pontos.
. O futuro do norte-americano S&P 500 caía 0,13 por
cento, a 2.807 pontos.
. O índice FTSEurofirst 300 tinha alta de 0,08 por
cento, a 1.576 pontos.
. Em LONDRES, o índice Financial Times avançava 0,09
por cento, a 7.737 pontos.
. Em FRANKFURT, o índice DAX caía 0,00 por cento, a
13.433 pontos.
. Em PARIS, o índice CAC-40 perdia 0,05 por cento, a
5.523 pontos.
. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha valorização de
0,17 por cento, a 23.789 pontos.
. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava alta de 0,39
por cento, a 10.520 pontos.
. Em LISBOA, o índice PSI20 valorizava-se 0,33 por
cento, a 5.707 pontos.
. O petróleo tipo Brent em Londres avançava 0,15 por
cento, a 68,71 dólares por barril.
. O petróleo em Nova York subia 0,21 por cento, a
63,5 dólares por barril.
. O euro tinha ganho de 0,27 por cento, a 1,2253
dólar.
. O índice do dólar sobre uma cesta de moedas perdia
0,12 por cento.

Veja como fecharam as bolsas asiáticas nesta segunda-feira:
. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,03 por cento,
a 23.816 pontos.
. Em HONG KONG, o índice HANG SENG subiu 0,43 por
cento, a 32.393 pontos.
. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,39 por cento, a
3.501 pontos.
. O índice CSI300 , que reúne as maiores companhias
listadas em XANGAI e SHENZHEN, avançou 1,19 por cento, a 4.336
pontos.
. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de
0,72 por cento, a 2.502 pontos.
. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,72
por cento, a 11.231 pontos.
. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES valorizou-se
0,54 por cento, a 3.569 pontos.
. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,23 por
cento, a 5.991 pontos.

Veja como fecharam os principais mercados financeiros na
sexta-feira:
CÂMBIO
O dólar terminou seu terceiro pregão consecutivo em baixa,
mas manteve-se no patamar de 3,20 reais, com a pressão do
ingresso de recursos e da fraqueza da moeda norte-americana no
exterior compensada pela cautela em torno do julgamento do
ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na próxima semana.

. Dólar/Real : -0,26%, a 3,2013 reais na venda;

BOVESPA
O principal índice acionário da B3 fechou no azul nesta
sexta-feira, renovando máximas, com o persistente fluxo de
entrada de investimento estrangeiro ainda limitando a tentativa
de ajuste, mas com investidores evitando grandes apostas
conforme se aproxima o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio
Lula da Silva.
. Ibovespa : +0,32%, a 81.219 pontos;
. Volume financeiro: R$8,38 bi.
. Índice dos principais ADRs brasileiros : %, a
pontos.
Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em
Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em

BOLSAS DOS EUA
Wall Street subiu nesta sexta-feira, impulsionada por
ganhos nas ações de consumo, mesmo diante de um possível
paralisação do governo.
. Dow Jones : +0,21%, a 26.072 pontos;
. Standard & Poor's 500 : +0,438523%, a 2.810 pontos;
. Nasdaq : +0,55%, a 7.336 pontos;

JUROS
As taxas dos contratos futuros de juros terminaram com leves
oscilações nesta sexta-feira, com o ambiente externo favorável
aos ativos de risco em dia de agenda esvaziada e volume mais
fraco, embora a expectativa por novidades no cenário político
local inibisse o movimento na curva a termo.

mês ticker último fechamento variação
(%) anterior (%) (p.p.)
APR8 6,748 6,746 0,002
JAN9 6,915 6,915 0
JAN0 8,08 8,1 -0,02
JAN21 8,93 8,94 -0,01
JAN23 9,69 9,69 0

DÍVIDA
. Treasuries de 10 anos : rendimento em alta a
2,6462%, ante 2,611% no dia anterior;
. Global 26 : rendimento em alta a 4,3791%,
ante 4,286% no dia anterior.

(PANORAMA1 e PANORAMA2 são localizados no terminal de
notícias da Reuters pelo código PAN/SA )

(Edição de Pedro Fonseca)
(([email protected]; 55 11 5644-7729; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia