Clicky

MetaTrader 728×90

SÃO PAULO, 18 Jan (Reuters) – O governo federal revogou
nesta quinta-feira a portaria que reabria o Aeroporto de
Pampulha (MG) para voos comerciais interestaduais, atendendo
determinação cautelar do Tribunal de Contas da União, de acordo
com o Diário Oficial da União.
O governo federal editou medida ampliando o escopo de
operação do Aeroporto de Pampulha no fim de outubro, em meio às
negociações para a rejeição de pedido de investigação contra o
presidente Michel Temer na Câmara dos Deputados.
A decisão foi considerada prejudicial para a operação do
Aeroporto Internacional de Belo Horizonte (Confins) situado a
cerca de 40 quilômetros do centro de Belo Horizonte e operado
pelo consórcio BH Airport, que tem entre os sócios a CCR
.
Com a publicação da portaria do Ministério dos Transportes,
Portos e Aviação Civil nesta quinta-feira suspendendo a decisão
de outubro, a aeroporto passa a ter autorização para operar
apenas voos executivos e regionais.

(Por Raquel Stenzel; Edição de Paula Arend Laier)
(([email protected]; +55 11 56447719; Reuters
Messaging: [email protected]))

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia