Clicky

mm TD 728

A Embraer entregou hoje à Affinity Flight Training Services o primeiro jato Phenom 100 selecionado para realizar o treinamento dos pilotos das forças armadas do Reino Unido em aeronaves multimotor, como parte do programa Military Flight Training System (MFTS) do Ministério da Defesa do Reino Unido. O contrato com a Affinity inclui uma encomenda firme para cinco aeronaves Phenom 100s e serviços, bem como opções para aeronaves adicionais.

“A partida do primeiro Phenom 100 do Brasil, em rota para o Reino Unido, representa um marco significativo na preparação para a entrega do programa MFTS para aeronaves de asa fixa”, disse Iain Chalmers, Diretor da Affinity. “A Affinity fica satisfeita que isso tenha sido alcançado antes do cronograma originalmente previsto e espera ver a aeronave no RIAT 2017.”

“Estamos muito satisfeitos com nossa parceria com a Affinity e pela oportunidade de participar do programa MFTS”, disse Jackson Schneider, presidente e CEO da Embraer Defesa & Segurança. “O Phenom 100 entrega uma combinação de alta performance, confiabilidade, baixos custos operacionais e alta disponibilidade. Não há dúvida que as avançadas tecnologias do Phenom 100 fazem dele a solução mais adequada para o treinamento de pilotos em aeronaves multimotor das Forças Armadas do Reino Unido, e reduzirá custos ao mesmo tempo em que garante a proficiência das equipes de voo”.

O programa para aeronaves de asa fixa destina-se a substituir o modelo de treinamento inicial, básico e multimotor, que atualmente é realizado em aeronaves mais antigas, por uma nova solução totalmente integrada, que fornece aeronaves de treinamento mais modernas, dispositivos de treinamento em solo e material didático. A solução é derivada do modelo de formação desenvolvido pela Ascent Flight Training, empresa responsável pelos serviços de treinamento do programa MFTS no Reino Unido. Em 2014, a Affinity foi selecionada pela Ascent Flight Training para fornecer e operar as aeronaves selecionadas para o programa MFTS.

O programa MFTS do Reino Unido é voltado para a formação de pilotos das Forças Armadas desde a fase inicial até o treinamento em voo elementar, básico e avançado, preparando-os para atuar em suas unidades operacionais designadas.


Assuntos desta notícia