Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

SÃO PAULO, 21 Nov (Reuters) – A fabricante de aeronaves
Embraer informou nesta terça-feira que decidiu
antecipar o fim de um acordo de layoff, que deveria terminar em
dezembro de 2018.
"A Embraer notificou ontem (segunda-feira) o Sindicato dos
Metalúrgicos de São José dos Campos a antecipação do fim da
vigência do acordo de layoff firmado no final de 2016", afirmou
a companhia em resposta a um questionamento da Reuters.
Mais cedo, o sindicato havia afirmado que o layoff acaba já
no mês que vem. Pelo acordo firmado em dezembro do ano passado,
ao longo de dois anos 1.080 trabalhadores se revezariam fora da
fábrica, em São José dos Campos (SP).
Ainda de acordo com o sindicato, deveriam entrar em layoff
600 funcionários da área de aviação comercial e 480 da aviação
executiva. Cada grupo (divididos entre 50 e 60 pessoas) deveria
permanecer em casa por até cinco meses.
"Com o encerramento do programa, apenas 350 trabalhadores
tiveram de fato seus contratos suspensos neste período", afirmou
o sindicato, após a Embraer ter mencionado "necessidade de ter
os trabalhadores das respectivas áreas de volta à produção".

(Por Aluísio Alves, edição Flavia Bohone)
(([email protected]; + 55 11 5644-7712;
Reuters Messaging:
[email protected]))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia