Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Por Kate Duguid
NOVA YORK, 14 Mar (Reuters) – A curva de rendimentos dos
Treasuries achatou ainda mais nesta quarta-feira uma vez que as
vendas no varejo dos Estados Unidos caíram pelo terceiro mês
consecutivo e com a demissão do secretário de Estado, Rex
Tillerson, levando o mercado a focar a política norte-americana.
As vendas no varejo dos EUA caíram 0,1 por cento em
fevereiro, apontando para uma desaceleração do crescimento
econômico no primeiro trimestre.
"O número de vendas no varejo foi surpreendentemente fracos
–todos terão que reduzir as expectativas de crescimento para o
primeiro trimestre porque agora tivemos alguns meses de queda
seguidos", disse Michael Cloherty, chefe da estratégia de juros
dos EUA na RBC Securities.
Os dados desta quarta-feira chegam depois do relatório do
Departamento de Trabalho dos EUA que mostrou que o índice de
preços ao consumidor subiu 0,2 por cento no mês passado, em
linha com as expectativas, mas significativamente mais lento do
que a taxa de 0,5 por cento de janeiro.
A fraqueza das vendas no varejo em fevereiro afetaram ainda
mais as expectativas dos operadores de uma quarta alta da taxa
de juros em 2018. A probabilidade caiu 80 pontos básicos entre
segunda e terça-feiras, caindo novamente esta manhã para 26,4
por cento, de acordo com a ferramenta FedWatch do grupo CME.
Às 11:51 (horário de Brasília), os Treasuries de 10 anos
rendiam 2,8335 por cento, contra 2,848 por cento na
terça-feira. Os títulos de dois anos tinham
rendimento de 2,2744 por cento, ante 2,262 na sessão anterior.
(Por Kate Duguid)
((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447509))
REUTERS TH CMO


Assuntos desta notícia