Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

SÃO PAULO, 17 Mai (Reuters) – As companhias brasileiras vão
se concentrar em reduzir dívida e evitar realizar novos
investimentos até a eleição do próximo governo, afirmou um
executivo do Itaú BBA nesta quinta-feira.
Alberto Fernandes, vice-presidente do Itaú BBA, afirmou que
a falta de novos investimentos vai reduzir o crescimento de seu
portfólio de crédito este ano, apesar da queda dos juros tornar
financiamentos mais fácil para as empresas.
"As taxas de juros baixas atuais já estão reduzindo níveis
de dívida em grande parte", disse Fernandes. O Itaú BBA é o
maior banco de investimento da América Latina.
Segundo ele, a decisão inesperada do Banco Central na
véspera de manter a Selic no patamar atual terá impacto pequeno
na atividade econômica.
Em conjunto, Itaú Unibanco , Banco do Brasil
, Bradesco e Santander Brasil
tiveram queda de 6,6 por cento nos empréstimos para grandes
empresas no primeiro trimestre sobre um ano antes, para 602,8
bilhões de reais.
Fernandes, falando por telefone a partir de Nova York após
uma conferência de dois dias do Itaú BBA com investidores de
ações e bônus latino-americanos, afirmou que a preocupação sobre
a eleição de outubro está deixando os investidores mais
seletivos na escolha de ativos brasileiros.
(Por Carolina Mandl)
((Edição Redação São Paulo, 55 11 56447753))
REUTERS AAJ AAP


Assuntos desta notícia

Join the Conversation