Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

SÃO PAULO, 19 Jan (Reuters) – A CCR pretende usar
recursos próprios para pagar a outorga de 553,9 milhões de reais
das linhas 5-Lilás e 17-Ouro do Metrô de São Paulo e manifesta
interesse por novas concessões do governo paulista na área,
afirmou nesta sexta-feira o presidente da divisão de mobilidade
urbana da companhia, Leonardo Vianna.
"Nosso interesse não é construção, mas operação de linhas.
Por isso temos interesse na linha 15 do metrô, que também é um
monotrilho", disse o executivo a jornalistas após a CCR vencer o
leilão de concessão das linhas 5-Lilás e 17-Ouro, com ágio de
185 por cento.
Segundo Vianna, a CCR considera baixo o risco das duas
linhas, mas tem preocupação sobre o fornecedor de material
rodante do monotrilho da linha 17, a Scomi , da
Malásia, que tem contrato com o governo do Estado.
"A empresa (Scomi) tem pouco histórico em monotrilho,
aparentemente não tem experiência, mas acreditamos que vai ser
entregue dentro do cronograma", disse Vianna.

(Por Alberto Alerigi Jr.; Edição de Gabriela Mello)
(([email protected]; 551156447553; Reuters
Messaging: [email protected]))

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia