Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

SÃO PAULO, 8 Dez (Reuters) – O principal índice da bolsa
paulista operava no azul nesta sexta-feira, encontrando algum
alívio após o governo acertar com lideranças a data de 18 de
dezembro para colocar em votação a proposta de reforma da
Previdência na Câmara dos Deputados.
Às 11:15, o Ibovespa subia 0,95 por cento, a 73.175
pontos. O giro financeiro era de 1,03 bilhão de reais.
O noticiário político segue guiando os movimentos do mercado
e ainda é esperada alguma volatilidade ao longo no dia ou nos
próximos pregões, em reação às articulações do governo para
angariar os votos necessários para aprovar a reforma de
Previdência.
"Apesar das incertezas, a fixação da data para uma possível
votação pode ser vista como positiva", escreveram analistas da
corretora Guide Investimentos.
O exterior também ajudava o tom mais favorável da sessão,
após dados da balança comercial da China, que teve desempenho
melhor que o esperado em novembro.

DESTAQUES
– PETROBRAS PN subia 2,16 por cento e PETROBRAS
ON avançava 2 por cento, com respaldo do cenário
positivo para os preços do petróleo no mercado internacional e
também com a melhora do humor em torno do avanço da reforma da
Previdência.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

– VALE ON ganhava 1,39 por cento, apesar da queda
dos contratos futuros do minério de ferro na China, mas após
dados mostrarem alta na importação da commodity pelo país
asiático.

– BANCO DO BRASIL ON tinha alta de 2,2 por cento,
no melhor desempenho do setor bancário, amparado pelo cenário
mais favorável para a Previdência. ITAÚ UNIBANCO PN
subia 1,12 por cento, BRADESCO PN ganhava 1,55 por
cento e SANTANDER UNIT avançava 1,41 por cento.

– KROTON ON caía 1,7 por cento, reagindo à
renúncia de Frederico Brito e Abreu como diretor financeiro da
companhia. Segundo a equipe do BTG Pactual, ele foi um dos
principais executivos por trás da retomada da empresa nos
últimos anos e vinha sendo considerado como o sucessor do
presidente-executivo.

Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em
Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em

(Por Flavia Bohone; Edição de Raquel Stenzel)
(([email protected]; 55 11 5644-7727; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia