Clicky

MetaTrader 728×90

SÃO PAULO, 23 Nov (Reuters) – O principal índice da bolsa
paulista reduziu as perdas na tarde desta quinta-feira, chegando
a oscilar em terreno positivo, amparado na melhora das ações da
Vale e com algum alívio em relação às articulação do
governo para aprovar a reforma da Previdência.
Às 15:55, o Ibovespa caía 0,14 por cento, a 74.415,
pontos. Na máxima do pregão até agora, o índice teve variação
positiva de 0,08 por cento e, na mínima, recuou 0,9 por cento.
O giro financeiro era de 2,8 bilhões de reais.
O feriado nos Estados Unidos, que diminui a liquidez no
mercado local, também favorece alguma volatilidade nos negócios.
Após a decepção com o quórum presente no jantar do
presidente Michel Temer com deputados da base aliada, na noite
anterior, o mercado amanheceu mais cauteloso nesta quinta-feira
em relação à força do governo para aprovar a reforma da
Previdência.
Durante esta tarde, no entanto, notícia publicada pela
agência Bloomberg, dizendo que o presidente da Câmara, Rodrigo
Maia (DEM-RJ), acertou com o governo pautar a reforma para o dia
5 de dezembro, ajudou a diminuir o mau humor.
As ações da Vale , que mais cedo rondavam a
estabilidade, subiam 1,6 por cento, ajudando a diminuir as
perdas do índice. Os ganhos o papel eram amparados no desempenho
positivo dos contratos futuros do minério de ferro na China.

Itaú Unibanco caía 0,68por cento e Bradesco PN
perdia 1,09 por cento, liderando as pressões
negativas devido ao peso desses papéis no índice.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em
Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em

(Por Flavia Bohone; Edição de Raquel Stenzel)
(([email protected]; 55 11 5644-7727; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia