Clicky

MetaTrader 728×90

SÃO PAULO, 14 Nov (Reuters) – O principal índice da bolsa
paulista oscilava entre leves altas e baixas nesta terça-feira,
com investidores alternando as atenções entre a expectativa pelo
avanço da reforma da Previdência e a divulgação dos balanços
corporativos.
Às 11:59, o Ibovespa subia 0,04 por cento, a 72.506
pontos. Na máxima até o momento, o indicador subiu 0,5 por
cento, enquanto perdeu 0,29 por cento na mínima. O giro
financeiro somava 1,85 bilhão de reais.
A véspera de feriado no Brasil, quando os mercados
internacionais operam normalmente, também gerava alguma cautela
e favorecia a volatilidade.
A expectativa pelo andamento da reforma da Previdência
voltou a rondar os negócios após o pedido de demissão do
ministro das Cidades, Bruno Araújo, do PSDB, o que levou o
Palácio do Planalto a iniciar a reforma ministerial, que deverá
ser concluída até meados de dezembro.
As ações da JBS subiam 5,4 por cento, liderando a
ponta positiva do Ibovespa, após a empresa reportar balanço do
terceiro trimestre que, segundo analistas do BTG Pactual, trouxe
resultados fortes.
Na outra ponta, Petrobras ON e Petrobras PN
caíam 3,95 por cento e 2,82 por cento,
respectivamente, após a petroleira anunciar lucro líquido de 266
milhões de reais no terceiro trimestre, abaixo da expectativa do
mercado, em meio a eventos não recorrentes.

Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em
Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em

MetaTrader 300×250

(Por Flavia Bohone; Edição de Gabriela Mello)
(([email protected]; 55 11 5644-7727; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia

Join the Conversation