Clicky

MetaTrader 728×90

SÃO PAULO, 29 Nov (Reuters) – O principal índice da bolsa
paulista oscilava entre leves altas e baixas nesta quarta-feira,
com as atenções ainda voltadas às articulações em Brasília para
a reforma da Previdência, enquanto a visão de que a o ritmo de
elevação de juros nos Estados Unidos seguirá gradual ajudava a
amparar o tom positivo.
Às 11:52, o Ibovespa caía 0,04 por cento, a 74.112
pontos. O giro financeiro era de 1,24 bilhão de reais.
De acordo com operadores, a volatilidade deve continuar
sendo a tônica do mercado nos próximos dias, em meio ao
noticiário de Brasília, conforme avançam as negociações para
aprovar a versão mais enxuta da reforma da Previdência.
"Clima para Previdência melhorou na Câmara, mas ainda faltam
50 votos", escreveram analistas da corretora H.Commcor, em nota
a clientes.
O humor para a aprovação da reforma melhorou diante da
expectativa de unificação do PSDB em torno da aprovação da
medida, após a candidatura única de Geraldo Alckmin à
presidência do partido. No entanto, o calendário segue apertado
para votar a proposta e, na véspera, o presidente da Câmara,
Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que o ideal é votar a reforma neste
ano, mas não fixou uma data limite para que a proposta seja
apreciada no plenário da Câmara.
Enquanto o mercado monitora as articulações do governo do
presidente Michel Temer, o exterior trouxe algum alívio na
véspera, após Jerome Powell, indicado para comandar o Federal
Reserve, banco central norte-americano, reforçar a visão de
gradualismo na normalização da política, mantendo assim a
atratividade a ativos de países emergentes, como o
Brasil.

DESTAQUES
– BRASKEM PNA avançava 2,54 por cento, liderando
os ganhos do Ibovespa, após o conselho de administração da
empresa decidir pagar dividendos antecipados de 1 bilhão de
reais relativos ao exercício de 2017.

MetaTrader 300×250

– RUMO ON subia 1,68 por cento, tendo no radar a
informação publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo, de que a
chinesa CCCC quer comprar a Malha Sul, concessão que hoje
pertence à Rumo. Para a equipe da Guide Investimentos, a empresa
não deve abrir mão do controle e uma eventual parceria com
outros grandes grupos é bem recebido pelo mercado por
complementar a estrutura de investimento para expansão
necessária no trecho Malha Sul.

– PETROBRAS PN operava perto da estabilidade, com
variação negativa de 0,13 por cento PETROBRAS ON
subia 0,06 por cento, buscando manter o tom positivo apesar de
alguma fraqueza para os preços do petróleo no mercado
internacional.

– VALE ON subia 0,25 por cento, em sessão
positiva para os futuros do minério de ferro na China, mas com a
alta recente da ação abrindo espaço para algum ajuste. O papel
subiu em sete dos últimos oito pregões, período em que acumulou
ganhos de 12,7 por cento.

Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em
Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em

(Por Flavia Bohone; Edição de Raquel Stenzel)
(([email protected]; 55 11 5644-7727; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia