Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

Por Paula Arend Laier
SÃO PAULO, 14 Mai (Reuters) – O principal índice de ações da
B3 avançava nesta segunda-feira, guiado pelas ações da Petrobras
, em meio à alta dos preços do petróleo no
exterior, beneficiado também pelo ambiente mais favorável a
ativos de risco no exterior.
Às 12:03, o Ibovespa subia 0,83 por cento, a
85.923,54 pontos. O volume financeiro somava 3,4 bilhões de
reais.
No exterior, o índice MSCI de ações de mercados emergentes
subia 0,4 por cento, enquanto o dólar tinha
leve queda contra uma cesta de moedas e os contratos futuros do
petróleo avançavam.
"Apesar dos dados recentes de inflação nos Estados Unidos
diminuírem o ímpeto para aperto monetário pelo Federal Reserve,
conflitos geopolíticos têm contribuído para manutenção dos
elevados patamares do petróleo e ajudado as ações da Petrobras",
destacou o analista Vitor Suzaki, da Lerosa Investimentos.
Além disso, também tem impacto positivo para emergentes a
redução dos temores de guerra comercial entre EUA e China.

DESTAQUES
– PETROBRAS ON e PETROBRAS PN subiam
4,3 e 2,99 por cento, respectivamente, conforme seguem apoiadas
no cenário de preços do petróleo mais elevados e apostas
positivas sobre a execução operacional da companhia, além de
expectativas relacionadas ao acordo da cessão onerosa. A B3
autorizou a adesão da companhia ao segmento especial de listagem
Nível 2 de melhores regras de governança corporativa.

MetaTrader 300×250

– CSN avançava 4,2 por cento, em sessão positiva
para siderúrgicas em geral e tendo no radar a divulgação do
balanço do primeiro trimestre, previsto para após o fechamento
do mercado. Ainda, o BTG Pactual elevou o preço-alvo das ações
da companhia de 11 para 12 reais, mas manteve a recomendação
'neutra'.

– BRF valorizava-se em 3,5 por cento, após recuar
mais de 2 por cento na semana passada. No ano, a ação ainda
acumula perda de cerca de 30 por cento.

– BRADESPAR PN subia 3,15 por cento tendo de pano
de fundo balanço do primeiro trimestre, que trouxe provisão de
555 milhões de reais relacionada à disputa judicial entre a
Bradespar, Litel e Elétron. De acordo com a companhia,
assessores jurídicos classificaram como prováveis as
probabilidades de perdas relacionadas com esses litígios, mas em
um valor líquido de 1,1 bilhão de reais, bem abaixo do
especulado pela imprensa na semana passada.

– EDP Brasil desabava 10,9 por cento, após a
China Three Gorges CYTGP.UL confirmar oferta para a compra da
Energias de Portugal (EDP) EDP.LS , mas condicionada à não
obrigação de uma oferta pública pela unidade da portuguesa no
Brasil. Na sexta-feira, as ações fecharam com um salto de 15,56
por cento na expectativa por um eventual tag along na operação.
urn:newsml:reuters.com:*:nL2N1SL0G8

Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em .PG.BVSP

Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em .PL.BVSP

(Edição Alberto Alerigi Jr.)
(([email protected]; +55 11 5644 7764; Reuters
Messaging: [email protected]))


Assuntos desta notícia

Join the Conversation