Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

Por Helen Reid
LONDRES, 15 Mai (Reuters) – Os mercados acionários europeus
se recuperavam e tinham leve alta nesta terça-feira depois de
recuarem mais cedo devido a dados fracos da China e da Alemanha
que se somaram a uma série de notícias menos animadoras sobre a
economia global, com o setor bancário impulsionando as
negociações após fortes resultados do austríaco Raiffeisen.
Às 8:33 (horário de Brasília), o índice FTSEEurofirst 300
subia 0,15 por cento, a 1.541 pontos, enquanto o índice
pan-europeu STOXX 600 ganhava 0,11 por cento, a 393
pontos.
O índice alemão DAX chegou a recuar 0,2 por cento
depois que a maior economia da Europa registrou crescimento
ligeiramente mais lento do que o esperado no primeiro trimestre
de 2018, mas rondava a estabilidade.
Já a China divulgou dados de investimentos e vendas no
varejo em abril mais fracos do que o esperado, prejudicando as
perspectivas econômicas.
A temporada de resultados está chegando ao fim com mais de
três quartos das empresas do MSCI Europa já tendo relatado seus
resultados trimestrais.
"Em geral, tem sido um pouco abaixo do esperado em números
de vendas e em linha com os resultados", disse Rory McPherson,
diretor de estratégia de investimentos da Psigma Investment
Management.
"Os bancos europeus tendem a ter um bom desempenho e
recuperaram muito recentemente com bons ganhos", acrescentou.
Um aumento de 81 por cento no lucro líquido nos três
primeiros meses elevava as ações do Raiffeisen em 3,9
por cento, enquanto o Commerzbank liderava o índice
alemão DAX com ganhos de 3,9 por cento após informar lucro
trimestral antes de impostos acima da previsão dos analistas.
O Crédit Agricole ampliou o otimismo em torno do
setor. As ações do banco francês haviam caído na abertura mas se
recuperavam e tinham alta de 2,16 por cento mesmo depois que o
lucro trimestral ficou abaixo do esperado.
. Em LONDRES, o índice Financial Times avançava 0,24
por cento, a 7.729 pontos.
. Em FRANKFURT, o índice DAX caía 0,02 por cento, a
12.975 pontos.
. Em PARIS, o índice CAC-40 ganhava 0,13 por cento,
a 5.547 pontos.
. Em MILÃO, o índice Ftse/Mib tinha valorização de
0,32 por cento, a 24.298 pontos.
. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrava baixa de
0,37 por cento, a 10.220 pontos.
. Em LISBOA, o índice PSI20 valorizava-se 0,25 por
cento, a 5.706 pontos.

(Por Helen Reid)
((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447509))
REUTERS TH CMO

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia

Join the Conversation