Clicky

MetaTrader 728×90

Por Sinead Carew
11 Jan (Reuters) – Wall Street fechou com novas máximas
recordes nesta quinta-feira, com o aumento dos preços do
petróleo elevando ações de energia e os investidores apostando
numa forte temporada de balanços corporativos nos EUA.
O setor de energia S&P subiu 2 por cento, na esteira
da alta do petróleo do tipo Brent acima de 70 dólares o barril
pela primeira vez desde dezembro de 2014.
O índice Dow Jones avançou 0,81 por cento, a 25.574
pontos. O S&P 500 subiu 0,70 por cento, a 2.767 pontos, e
o Nasdaq cresceu 0,81 por cento, a 7.211 pontos.
O setor de consumo teve ganhos fortes das ações de
mídia e varejo, enquanto o índice industrial foi
ajudado pelas companhias aéreas após o balanço da Delta .
"O fator unificador do movimento de hoje e toda essa semana
é a maior confiança no ritmo da atividade econômica. Isso ajuda
a explicar o aumento da demanda, que levou o petróleo até 70
dólares o barril", disse Scott Clemons, estrategista-chefe de
investimentos da Brown Brothers Harriman em Nova York.
Os índices acionários norte-americanos caíram na
quarta-feira, o primeiro declínio do S&P e do Nas em 2018, após
um relatório apontando que a China desaceleraria as compras de
títulos dos EUA e que o presidente Donald Trump acabaria com um
acordo comercial-chave.
Os investidores estão apostando em relatórios de ganhos
trimestrais positivos de grandes empresas e detalhes sobre
economias de cortes de impostos federais. A temporada de
relatórios financeiros inicia-se com na sexta-feira, com
resultados dos bancos JPMorgan e Wells Fargo .
O lucro das empresas do S&P 500 devem ter aumentado em 8,1
por cento no trimestre mais recente, com o maior ganho do setor
de energia de acordo com Thomson Reuters I/B/E/S.
((Tradução Redação São Paulo; + 55 11 5644-7712))
REUTERS AAP ES


Assuntos desta notícia