Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

CIDADE DO MÉXICO, 17 Mai (Reuters) – O banco central do
México deve manter a taxa básica de juros nesta quinta-feira, na
máxima de nove anos, após sinais de que a inflação está fraca,
mas pode sinalizar que maior fraqueza do peso mexicano pode
elevar os juros.
Entre os 25 analistas entrevistados esta semana pela
Reuters, 21 esperam que o banco mexicano mantenha a taxas de
juros em 7,50 por cento pela segunda reunião consecutiva após
uma série de altas.
Quatro analistas esperam aumento de 0,25 ponto percentual,
com alguns destacando que a queda do peso poderia elevar os
preços de importados.
Os dados deste mês mostraram inflação anual em abril
arrefecida para 4,55 por cento, a mais baixa desde o final de
2016, após ter descido da máxima de 16 anos e meio em 2017.
O peso foi atingido pelo dólar mais forte e pode ficar
vulnerável a novas debilidades nas semanas antes da eleição
presidencial do México, em 1º de julho.
(Por Michael O'Boyle)
((Tradução Redação São Paulo; +55 11 56447509))
REUTERS TH PD


Assuntos desta notícia

Join the Conversation