Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

(Texto atualizado com mais informações)
SÃO PAULO, 22 Nov (Reuters) – A CCR planeja
entrar em concessões de rodovias e de mobilidade urbana em
mercados latino-americanos a partir de 2018 e terá os Estados
Unidos como principal mercado para crescimento no setor
aeroportuário nos próximos anos, disseram executivos da
companhia nesta quarta-feira.
"Tomamos uma decisão corporativa de entrar em concessões de
rodovias em outros mercados fora do país", afirmou o presidente
da divisão da CCR Rodovias BR, José Braz, durante apresentação a
investidores.
Geograficamente, os alvos preferenciais da companhia neste
segmento estão no Chile e na Argentina, que têm concessões
atuais vencendo em 2018, além de Peru e Colômbia.
Dona de concessões rodoviárias em Estados como São Paulo,
Rio de Janeiro, Paraná e Mato Grosso do Sul, a CCR tem planos de
novos investimentos no setor no Brasil, incluindo em aditivos a
contratos existentes e na disputa de novas concessões, afirmou.
Entre eles estão o leilão do trecho Norte do Rodoanel, anel
viário na região metropolitana da capital Paulista, a CCR avalia
participar em algumas das concessões de estradas que fazem parte
do programa Avançar lançado recentemente pelo governo federal.
Mas a decisão de diversificar para a América Latina
refletiu, entre outros fatores, pontos regulatórios que foram
"desconstruídos", disse Braz.
Além das estradas, a CCR também avalia participar de
licitações para concessão de metrô em Lima (Peru), Bogotá
(Colômbia) e Buenos Aires (Argentina).
Já no setor aeroportuário, no qual a companhia também se
expandiu para o exterior, o foco para crescimento nos próximos
anos são os Estados Unidos, disse o presidente da divisão da CCR
Aeroportos, Ricardo Bisordi.
"Temos perspectiva de muitas parcerias público-privadas lá a
partir de 2018", disse Bisordi.
Os planos de expansão acontecem na esteira de uma oferta
subsequente de ações de cerca de 4 bilhões de reais feita no
começo de 2017. Atualmente, segundo diretor-financeiro e de
relações com investidores da CCR, Arthur Piotto Filho, a empresa
tem cerca de 7 bilhões de reais disponíveis para investimentos e
aquisições.

(Por Aluisio Alves, edição Flavia Bohone e Maria Pia Palermo)
(([email protected]; 55 11 5644-7727; Reuters
Messaging: [email protected]))

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

Assuntos desta notícia