Clicky

MetaTrader 728×90

CHICAGO, 16 Mai (Reuters) – A trading global de grãos Archer
Daniels Midland (ADM) avalia que consegue administrar
sua cadeia de fornecimento para se adaptar à ameaça de tarifas
pela China sobre a soja dos Estados Unidos, disse o diretor
financeiro (CFO) da companhia, Ray Young, nesta quarta-feira.
A empresa está confiante de que as duas maiores economias do
mundo vão "superar" a disputa comercial e vê uma oportunidade
para a China importar etanol adicional, disse Young na
conferência Farm to Market, da BMO Capital Markets, em Nova
York.
Pequim ameaçou tarifas sobre as importações de produtos
norte-americanos, incluindo a soja, principal item agrícola
exportado para a China, cujas vendas no ano passado somaram 12
bilhões de dólares.
(Por Tom Polansek e Chris Prentice)
((Tradução Redação São Paulo, +5511 5644 7721))
REUTERS IM JRG


Assuntos desta notícia

Join the Conversation