Clicky

MetaTrader 728×90

SÃO PAULO, 5 Jun (Reuters) – A Eletrobras
informou que o Tribunal Regional do Trabalho 1ª
Região, em decisão de tutela de urgência, determinou que a
companhia e suas distribuidoras "se abstenham de dar
prosseguimento ao processo de desestatização", segundo fato
relevante divulgado ao mercado nesta terça-feira.
Conforme a elétrica, o Tribunal pediu que seja apresentado
no prazo de até 90 dias "estudo sobre o impacto da privatização
nos contratos de trabalho em curso".
"A companhia analisará as medidas cabíveis e manterá o
mercado informado", destacou a Eletrobras.

(Por José Roberto Gomes; Edição de Flavia Bohone)
(([email protected]; 55 11 5644 7762; Reuters
Messaging: [email protected]))

MetaTrader 300×250

Assuntos desta notícia