Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

O presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi, afirmou nesta terça-feira que a instituição está preparada para fazer frente a todos os cenários a partir da decisão tomada no referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia (UE), que será realizado na quinta-feira.

“O BCE está preparado para todas as contingências seguintes ao referendo sobre a UE no Reino Unido”, garantiu Draghi durante seu comparecimento perante a comissão de Assuntos Econômicos e Financeiros do Parlamento Europeu (PE).

MetaTrader 300×250

Draghi fez estas declarações em relação com a atitude vigilante que, disse, o BCE mantém com relação à evolução da inflação na zona do euro e sua recuperação econômica.

“Vamos seguir de perto a evolução das perspectivas de estabilidade de preços. Estamos dispostos a atuar mediante o uso de todos os instrumentos disponíveis dentro de nosso mandato, se for necessário, para conseguir nosso objetivo”, disse.

Draghi afirmou que sem as políticas de estímulos iniciadas pelo BCE, “o crescimento e a inflação seriam significativamente mais baixos”.

Concretamente, Draghi afirmou que as medidas anunciadas em março “mitigaram os riscos à queda das perspectivas econômicas da zona do euro” e afirmou que as medidas que ainda estão em uma fase inicial de aplicação darão um “impulso adicional”.

No entanto, Draghi avisou que a incerteza “continua sendo alta e os riscos descendentes seguem sendo significativos, devido à contínua fraqueza da economia global e à evolução geopolítica”.

Enquanto o banqueiro italiano espera que a recuperação, que disse que ganhou impulso no começo do ano, continue a um “ritmo moderado, mas contínuo”, o mesmo indicou que as “dinâmicas da inflação na zona do euro seguem bastante baixas”.

Com Ag. EFE


Assuntos desta notícia