Clicky

mm TD 728

O dólar comercial operou sem direção única nesta quinta-feira, com a atenção para o cenário doméstico.

Ao final , no interbancário, a moeda ficou cotada aos R$3,334 para a compra e R$3,335 para a venda, alta de 0,09% .

O euro seguia em R$3,721 para a compra e R$3,722 para a venda, queda de 0,05%.

A libra estava em R$4,233 para a compra e R$4,234 para a venda, alta de 0,19%.

“O mercado abriu em queda e começou a subir, refletido em partes pelo dia de ontem e também por não ter ocorrido as votações. Os investidores estão esperando pela reforma trabalhista – que deve ser a primeira em votação – para ver a força que o governo Temer tem depois dos últimos escândalos. Operadores com cautela também, em dia de pouca liquidez. A precificação ficou baseada no que ocorrerá no cenário político”, considera o diretor de câmbio da FB Capital, Fernando Bergallo.

O Banco Central do Brasil ofertou 8.200 contratos de swap cambial tradicional com vencimento para julho.

No cenário externo, o iene subiu 0,1% para 111,247 por dólar, fortalecendo-se pelo segundo dia.

O euro subiu 0,2% para US $ 1,1152.

O Índice Bloomberg Dollar Spot caiu 0,2%, liderado por perdas contra o dólar canadense, que se recuperou nos saltos do e dados de vendas de varejo surpreendentemente fortes.


Assuntos desta notícia