Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

O dólar comercial segue em queda nesta terça-feira, sob a influência do cenário doméstico ante os acertos sobre a reforma da Previdência. Do lado externo, a divisa opera em alta , mas comedida, com a atenções para os indicadores dos Estados Unidos e também para o avanço no texto da reforça tributária entre a Câmara e o Senado norte-americano antes da sansão do presidente Donald Trump.

Há pouco, o moeda estava cotada na B3 aos R$3,227 para a compra e R$3,228 para a venda, queda de 0,56%.

MetaTrader 300×250

O euro estava em R$3,814 para a compra e R$3,816 para a venda, queda de 0,75%.

A libra estava em R$4,337 para a compra e R$4,340 para a venda, queda de 0,65%.

No mercado norte-americano, a moeda segue em ligeira alta, apesar dos dados econômicos divulgados hoje.

Há pouco, o índice DXY, que mede a moeda com outras seis, estava em alta de 0,29% a 93.33. Já o WSJ, que amplia a comparação com mais 16 moedas, estva em alta de 0,17% a 86,78.

O euro caía 0,37% a US$1,1828, abaixo de US$1,1865 de ontem.
A libra seguia desvalorizada em 0,24% para US$1,3457, abaixo da sessão de ontem, US$1.3478.

O iene japonês estava em alta de 0,24% em relação ao dólar, com o dólar comprando ¥ 112,78, acima de ¥ 112,41 na segunda-feira.

O déficit comercial dos Estados Unidos subiu para US $ 48,7 bilhões em outubro , saltando 8,6% para um máximo de nove meses e superando a estimativa do consenso MarketWatch de US $ 47,6 bilhões.

O PMI dos serviços Markit entrou em 54,5 em novembro, ligeiramente abaixo de 54,7 no mês anterior.

O índice de não fabricação do ISM caiu para 57,4% em novembro, subestimando a previsão de consenso MarketWatch de 59%.

Já entre as 100 moedas digitais, a Bitcoin estava em alta de 4,81%; a Bitcoin Cash, alta de 0,14%; a Bitcoin Gold, alta de 2,36%; e a Ether, queda de 0,32%.


Assuntos desta notícia

Join the Conversation