Clicky

MetaTrader 728×90

O dólar comercial fecha o mês de fevereiro com desvalorização de 1,20% e, nesta sexta-feira, a moeda norte-americana reagiu e fechou em alta.

Ao final, no interbancário, a divisa ficou cotada aos R$3, 1118 para a compra e R$3,1133 para a venda, alta de 1,86%.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

O euro ficou em R$3,282 para a compra e R$3,284 para a venda, alta de 1,32%.

A libra fechou em R$3,866 para a compra e R43,871 para a venda, alta de 0,68%.

Conforme os operadores de câmbio, o cenário externo está trazendo mais peso para a moeda, com o mercado mais instável para com o governo de Donald Trump. A preocupação com as medidas anunciadas e que já estão sendo colocadas em segundo plano, com os investimentos em infraestrutura somente para 2018 e ajuste fiscal até o verão, estão pesando nas avaliações sobre o governo.

Hoje, a confiança do consumidor caiu em fevereiro pela primeira vez desde as eleições nos Estados Unidos, de acordo com a pesquisa mensal da Universidade de Michigan. O índice do sentimento caiu para 96.3 de uma leitura de janeiro de 98.5, que era o mais elevado em uma década. Os economistas previam uma leitura de 96.

Já no ambiente doméstico, o mercado cambial espera por anúncios do Banco Central do Brasil (BCB) para os swaps de março. Pelo segundo dia, o BCB não fez nenhuma intervenção, lembrando que a valorização se dá para a formação de Ptax, com liquidação de contratos para quarta-feira.

Na cesta global, as demais moedas emergentes perderam força para o real. Na Europa tanto o euro como a libra fecharam valorizadas ante a moeda norte-americana.


Assuntos desta notícia