Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

O dólar comercial manteve trajetória decrescente em mais uma sessão, com o cenário externo, principalmente com o Federal Reserve nos Estados Unidos. O fortalecimento do mercado acionário tirou o apetite pela moeda.

Ao final, no interbancário, a moeda fechou cotada aos R$3,054 para a compra e R$3,056 para a venda, queda de 0,46%.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

O euro ficou em R$3,230 para a compra e R$3,231 para a venda, queda de 0,27%.

A libra ficou em R$3,829 para a compra e R$3,832 para a venda, alta de 0,35%.

“A quinta-feira amanheceu positiva para bolsa e juros. O Copom decidiu manter o ritmo de cortes de juros em 0,75%, mas com sinalizações de uma possível aceleração mais para frente. Além disso, a autoridade monetária minimizou, ou até removeu, do comentário alguns dos riscos para inflação que vinha considerando anteriormente, possivelmente indicando uma propensão maior a acelerar ou estender o ritmo. Por fim, o BC também indicou que deve perseguir uma taxa de juros neutra que será avaliada pelo próprio comitê, mas que deve dar espaço para cortes adicionais na taxa Selic”, explicou o gestor da GGR Investimentos, Rafael Sabadell.

A moeda segue em força também com as indefinições sobre a economia norte-americana. O presidente Donald Trump está mantendo o silêncio sobre as medidas econômicas.


Assuntos desta notícia