Clicky

mm TD 728

O dólar comercial manteve trajetória de queda nesta segunda-feira, com o Banco Central do Brasil voltando a atuar em leilão de swap cambial tradicional.

Ao final das negociações, no interbancário, a moeda fechou cotada aos R$3, 258 para a compra e R$3,259 para a venda, queda de 0,61%.

O euro ficou em R$3,716 para a compra e R$3,718 para a venda, queda de 0,64%.

A libra ficou em R$4,197 para a compra e R$4,200 para a venda, queda de 0,76%.

 

O Banco Central do Brasil realizou leilão de até 8.300 contratos de swap cambial tradicional com a rolagem de US$415 milhões do total de US$6,181 bilhões com vencimentos para agosto.

No cenário externo, o dólar foi negociado na maior alta de dois meses contra o iene, ajudando a elevar um índice de dólar, já que a diferença entre as taxas dos Estados Unidos e do Japão favorece a moeda norte-americana, pelo menos por enquanto.

A hesitação dos negociantes em assumir posições mais ousadas se dá com o Federal Reserve, já que o banco central sinaliza aumentar as taxas de juros, mesmo com a economia dando sinais mistos.

O índice Bloomberg Dollar Spot ficou estável. A libra recuou 0,1% para $ 1.2880 e o euro caiu por um montante similar a $ 1.1385.


Assuntos desta notícia

Join the Conversation