Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 970×250

O dólar comercial fechou em ligeira alta nesta quarta-feira, com os investidores atentos para o cenário político doméstico e também para indicadores.

Ao final, no interbancário, a moeda ficou cotada aos R$3,332 para a compra e R$3,332 para a venda, alta de 0,05%.

Tesouro Direto Taxa Zero 300×250

O euro estava em R$3,718 para a compra e R$3,719 para a venda, alta de 0,39%.

A libra ficou em R$4, 220 para a compra e R$4,221 para a venda, alta de 0,46%.

“A agenda do mercado financeiro está voltada para o setor político. A divulgação de queda do fluxo cambial com queda de R$ 3,4 bilhões, não muda o preço do dólar de hoje, já que temos votações importantes com reflexos fortes na política e na economia dada a grande contaminação que um campo está sobre o outro ultimamente. Então todos estão em função desta pauta, mais ainda com a questão da reforma da previdência”, avaliou o diretor de câmbio da FB Capital, Fernando Bergallo.

O fluxo cambial ficou US$2,8 bilhões em saídas. As operações financeiras tiveram déficit de US$2,7 bilhões na semana passada, com apenas quatro dias úteis. A conta comercial teve superávit de US$674 milhões. A diferença entre o fluxo financeiro e o comercial ficou negativo em US$2,096 bilhões. O déficit é o maior desde a semana encerrada em 29 de dezembro do ano passado, negativo em US$6,077 bilhões. Os números são do Banco Central do Brasil (BCB) e foram apresentados hoje.

No cenário externo, a libra britânica saltou 0,6% para US $ 1.2706.

O euro subiu 0,3% para US $ 1,1162, depois de dois dias de quedas.

O iene caiu 0,1% para 111,54 por dólar, depois de ganhar 0,1% na terça-feira.

O índice Bloomberg Dollar Spot caiu menos de 0,1%, depois de alta de 0,3% na terça-feira e 0,4% no dia anterior.


Assuntos desta notícia