Clicky

Tesouro Direto Taxa Zero 728×90

O dólar comercial fechou em forte queda nesta terça-feira, com a desvalorização ante as demais moedas globais.

Ao final, no interbancário, a moeda norte-americana fechou cotada aos R$3, 182 para a compra e R$3, 183 para a venda, queda de 0,77%. No ano, o dólar comercial acumula perdas de 19,4%.

MetaTrader 300×250

O euro ficou em R$3, 499 para a compra e R$3, 503 para a venda, queda de 0,54%.

Em Frankfurt, o euro era cotado a US$ 1,0973 às 15h GMT (12h de Brasília) desta terça-feira no mercado de divisas, abaixo do valor da sessão de segunda-feira no mesmo horário, que foi de US$ 1,0990. Por sua vez, o Banco Central Europeu (BCE) fixou o câmbio oficial do euro em US$ 1,0993.

O Banco Central ofertou 5.000 contratos em swap cambial. Todo o lote foi vendido.

De acordo com analistas do mercado cambial, o comportamento do dólar no mercado doméstico se deu com a forte valorização de papéis de peso na Bolsa de Valores. A busca por ativos mais interessantes acabou por pesar na valorização do real.

As apostas para o corte na taxa de juros pelo Banco Central do Brasil, a Selic, em até 50 pontos percentuais também estão no radar. Atualmente a taxa está em 14,25% ao ano e a nova medida será divulgada nesta quarta-feira (19) depois do fechamento dos mercados.

Por outro lado, no cenário externo, o dólar perdeu fôlego na cesta de moedas emergentes. A desvalorização também ficou por conta dos mercados para cima.

Os indicadores mistos da economia norte-americana renovam as estimativas de que o Federal Reserve só deverá mexer com as taxas de juros apenas em dezembro e seguir depois com elevação de forma gradual.


Assuntos desta notícia